Imprensa livre e independente
29 de agosto de 2014, 16h14

Mulher é agredida em carnaval de Londres por dizer “não” ao agressor

Mary Brandon estava sendo agarrada repetidamente antes de empurrar o homem que iria agredi-la. A foto já foi compartilhada mais de 5 mil vezes Por Redação A agressão aconteceu na festa de rua anual de Londres, chamada Carnaval de Notting Hill – bairro nobre da capital britânica –, quando Mary Brandon disse “não” para um homem que a assediava. “Eu o empurrei, exercendo meu direito de dizer a um homem que parasse de tocar meu corpo sem minha permissão, então ele me socou no rosto”. Ela teve de passar nove horas no hospital recebendo tratamento após a agressão. Desde sua...

Mary Brandon estava sendo agarrada repetidamente antes de empurrar o homem que iria agredi-la. A foto já foi compartilhada mais de 5 mil vezes

Por Redação

A agressão aconteceu na festa de rua anual de Londres, chamada Carnaval de Notting Hill – bairro nobre da capital britânica –, quando Mary Brandon disse “não” para um homem que a assediava.

“Eu o empurrei, exercendo meu direito de dizer a um homem que parasse de tocar meu corpo sem minha permissão, então ele me socou no rosto”. Ela teve de passar nove horas no hospital recebendo tratamento após a agressão.

Desde sua postagem, a foto já foi compartilhada mais de 5 mil vezes, encorajando outras mulheres a contarem suas próprias histórias relacionada à abuso sexual. Uma usuária do Facebook, Hannah Dart, respondeu ao post de Brandon: “Eu tenho tanta raiva desses homens que tomam nosso espaço e nossa liberdade para alimentarem seus egos patéticos. Continue defendendo sua posição, você fez um trabalho incrível”.

“Eu levaria outro soco desse perdedor ou qualquer outro perdedor que pense que está tudo bem tratar uma mulher dessa maneira”, disse Brandon. Segundo o periódico britânico Evening Standard, uma investigação sobre o incidente já está acontecendo pela Scotland Yard, a polícia britânica – que, curiosamente havia dado um aviso claro aos criminosos que planejavam comparecer às festividades: “Não venham“.

Veja também:  Juiz absolve Caetano por chamar Olavo de Carvalho de “sub-Heidegger do nosso sub-Hitler”

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum