08 de janeiro de 2019, 14h11

Mulher e filhas de Queiroz não comparecem a depoimento ao MP sobre caso Flavio Bolsonaro

Toda a família de Fabrício Queiroz atuou na assessoria de Flavio Bolsonaro na Alerj. Transferida para o gabinete de Jair Bolsonaro, em Brasília, Nathália Queiroz atuava como personal trainer de famosos no Rio.

Repdrodução
A mulher de Fabrício Queiroz, Márcia Aguiar, e as filhas do casal, Nathália e Evelyn, não compareceram ao depoimento marcado nesta terça-feira (8) no Ministério Público do Rio de Janeiro, que investiga a movimentação suspeita de R$ 1,2 milhão do ex-assessor parlamentar do filho de Jair Bolsonaro (PSL), Flávio Bolsonaro (PSL/RJ), na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Segundo informações do portal G1, o advogado da família disse que elas estão em São Paulo para acompanhar o pós-operatório da retirada de um tumor no intestino de Queiroz e vão acompanhar o tratamento de quimioterapia. Fórum precisa ter um jornalista...

A mulher de Fabrício Queiroz, Márcia Aguiar, e as filhas do casal, Nathália e Evelyn, não compareceram ao depoimento marcado nesta terça-feira (8) no Ministério Público do Rio de Janeiro, que investiga a movimentação suspeita de R$ 1,2 milhão do ex-assessor parlamentar do filho de Jair Bolsonaro (PSL), Flávio Bolsonaro (PSL/RJ), na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Segundo informações do portal G1, o advogado da família disse que elas estão em São Paulo para acompanhar o pós-operatório da retirada de um tumor no intestino de Queiroz e vão acompanhar o tratamento de quimioterapia.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

O ex-assessor parlamentar teria informado ao MP-RJ que está internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, e se submeteu a uma cirurgia no dia 1º de janeiro para retirar um tumor maligno no intestino.

Negócio de família
Toda a família de Fabrício Queiroz atuou na assessoria de Flavio Bolsonaro na Alerj. Márcia exerceu cargo de consultora parlamentar entre 2 de março de 2007 a 1o de setembro de 2017, com salário de R$ 9.835,63.

Nathália foi nomeada no gabinete da vice-liderança do PP, de Flávio, em 20 de setembro de 2007, e ficou lá até 1o de fevereiro de 2011. Recebia R$ 6.490,35. Ela também trabalhou, até 15 de novembro do ano passado no gabinete de Jair Bolsonaro, em Brasília, e é citada em dois trechos do relatório.

Enquanto trabalhava em Brasília, Nathália Queiroz construiu uma carreira de sucesso como personal trainer de famosos no Rio de Janeiro.

Veja vídeo: Ex-assessora de Jair Bolsonaro em Brasília atuou como personal de famosos no Rio

Com salário de R$ 10.088,42 pagos pelo gabinete de Jair, Nathalia ainda atuava como personal trainer de famosos, como a atriz Bruna Marquezine, que aparece em vídeo “exausta” após as aulas da ex-assessora dos Bolsonaro, que se identifica como personal trainer Nat Queiroz.

A outra filha, Evelyn, foi nomeada em 13 de dezembro de 2016 assessora parlamentar de Flávio, no mesmo tipo de cargo que antes era ocupado pela irmã.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais