Imprensa livre e independente
06 de março de 2019, 14h59

Mulher fica desfigurada após ser espancada por namorado no Espírito Santo; imagem forte

Vendedora foi encontrada na madrugada da segunda-feira (4) largada em uma estrada em Dores do Rio Preto, na região do Caparaó, com sinais de abuso sexual e estrangulamento

Jane e o namorado, Jonas, que está foragido (Reprodução)
Jane Cherobin antes e depois de ter sido espancada (Arquivo familiar) A vendedora Jane Cherobin, de 36 anos, ficou desfigurada após ter sido espancada pelo namorado, Jonas Guimarães do Amaral Neto, de 34 anos. Ela foi encontrada na madrugada de segunda-feira (4) largada em uma estrada em Dores do Rio Preto, na região do Caparaó, no Espírito Santo, com sinais de abuso sexual e estrangulamento. De acordo com informações do jornal Gazeta Online, a mulher, que está internada, confirmou na noite desta terça-feira (5) à família que o agressor é realmente Jonas, com quem mantinha um relacionamento há cerca de...

Jane Cherobin antes e depois de ter sido espancada (Arquivo familiar)

A vendedora Jane Cherobin, de 36 anos, ficou desfigurada após ter sido espancada pelo namorado, Jonas Guimarães do Amaral Neto, de 34 anos. Ela foi encontrada na madrugada de segunda-feira (4) largada em uma estrada em Dores do Rio Preto, na região do Caparaó, no Espírito Santo, com sinais de abuso sexual e estrangulamento.

De acordo com informações do jornal Gazeta Online, a mulher, que está internada, confirmou na noite desta terça-feira (5) à família que o agressor é realmente Jonas, com quem mantinha um relacionamento há cerca de um ano e meio.

Segundo Cleiton Cherobin, irmão de Jane, Jonas “era muito, muito atencioso. Só tinha um porém: ele era ciumento ao extremo”.

Um mandado de prisão preventiva foi expedido contra o namorado. O carro dele foi encontrado próximo à mulher por seus irmãos, numa estrada que leva ao Parque Nacional do Caparaó.

O crime
Jane saiu por volta das 3h da madrugada da cervejaria da família, onde trabalhava no carnaval com o namorado. Depois de muita procura, ela foi encontrada pelos irmãos perto de uma curva, seminua, desmaiada e torturada, na estrada que dá acesso ao Parque Nacional do Caparaó pelo Estado.

Veja também:  Fórum 21 | Bolsonaro desiste de ir às manifestações, com Carlos Veras (PT-PE)

Internada em um hospital de Carangola, cidade mineira perto de Dores do Rio Preto, ela ainda não fala, não enxerga e tem marcas de hematomas por todo o corpo.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum