Imprensa livre e independente
22 de março de 2017, 13h49

Na falta do povo, PMDB contrata atores para elogiarem Temer

Em vez de depoimentos espontâneos da população, como era de se esperar, vídeos usarão atores e um aviso de "baseados em fatos reais".

Em vez de depoimentos espontâneos da população, como era de se esperar, vídeos usarão atores e um aviso de “baseados em fatos reais” Por Redação Segundo informações da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, as novas propagandas do PMDB irão exaltar ações do governo de Michel Temer, como a liberação do FGTS. Porém, nada de depoimentos espontâneos da população. Os vídeos serão feitos com atores e um texto previamente redigido pelos marqueteiros do atual presidente. De acordo com o publicitário Elsinho Mouco, responsável pela elaboração das peças, o uso de atores foi necessário para que os filmes ficassem “mais plásticos”. Com isso,...

Em vez de depoimentos espontâneos da população, como era de se esperar, vídeos usarão atores e um aviso de “baseados em fatos reais”

Por Redação

Segundo informações da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, as novas propagandas do PMDB irão exaltar ações do governo de Michel Temer, como a liberação do FGTS.

Porém, nada de depoimentos espontâneos da população. Os vídeos serão feitos com atores e um texto previamente redigido pelos marqueteiros do atual presidente.

De acordo com o publicitário Elsinho Mouco, responsável pela elaboração das peças, o uso de atores foi necessário para que os filmes ficassem “mais plásticos”.

Com isso, ao lado das imagens irá aparecer um aviso de que as falas são “baseadas em fatos reais”. Será que não encontraram ninguém que pudesse elogiar as propostas sem ser pago para isso?

Foto: Lula Marques

Veja também:  No fim do expediente, Justiça do Paraná manda prender José Dirceu

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum