AO VIVO
06 de Maio de 2014, 21h29

“Não sou feminista, amo homens”, diz atriz de A Culpa é das Estrelas

Shailene Woodley disse o que entende sobre o movimento feminista: “Acho que a ideia de 'elevar as mulheres ao poder, tomar o poder dos homens' nunca vai funcionar”

Shailene Woodley disse o que entende sobre o movimento feminista: “Acho que a ideia de ‘elevar as mulheres ao poder, tomar o poder dos homens’ nunca vai funcionar”

Por Redação

Shailene Woodley, atriz de A Culpa é das Estrelas e Divergente, declarou em entrevista para a revista Time que não é feminista. E justificou sua posição: “Não sou feminista, amo os homens, e acho que a ideia de ‘elevar as mulheres ao poder, tomar o poder dos homens’ nunca vai funcionar. Você precisa de equilíbrio”.

A atriz, que tem 22 anos, contou um pouco a respeito do que (não) entende sobre o movimento feminista e prosseguiu com clichês. “Eu acredito que a irmandade é mais importante que o feminismo. Não sei como nós, as mulheres, podemos esperar que os homens nos respeitem se nós sequer nos respeitamos entre si. Há muito ciúme, comparação e inveja. Isso é tão bobo e devastador ao mesmo tempo”.

Em entrevista, Shailene ainda disse: “Sempre estou em contato com meu lado masculino. E eu sou 50% feminina e 50% masculina, da mesma maneira que muitos de nós”.

Um dos filmes estrelados por Shailene, A Culpa é das Estrelas, é uma adaptação do livro homônimo de John Green. O best-seller fechou o mês de abril em primeiro lugar na lista de mais vendidos, e em 2013 foi o terceiro colocado no ranking geral.

(Foto de capa: Divulgação/Divergente)