Imprensa livre e independente
29 de novembro de 2016, 14h50

Netshoes esclarece polêmica sobre camisa do Chapecoense

Empresa explica que promoção era referente a Black Friday e que o algoritmo do site estava programado para retornar ao valor original após o fim do estoque preparado para o evento anual.

Empresa explica que promoção era referente a Black Friday e que o algoritmo do site estava programado para retornar ao valor original após o fim do estoque preparado para o evento anual, que coincidiu com a data da tragédia com a equipe Por Matheus Moreira Após a polêmica envolvendo o site Catraca Livre e suas publicações relacionadas ao acidente que vitimou 76 pessoas, entre jogadores, comissão técnica, jornalistas e convidados do Chapecoense, na madrugada (29), a webstore da NetShoes foi duramente criticada nas redes sociais por aumentar o valor da camisa do time catarinense de R$159 para R$249 reais. Em...

Empresa explica que promoção era referente a Black Friday e que o algoritmo do site estava programado para retornar ao valor original após o fim do estoque preparado para o evento anual, que coincidiu com a data da tragédia com a equipe

Por Matheus Moreira

Após a polêmica envolvendo o site Catraca Livre e suas publicações relacionadas ao acidente que vitimou 76 pessoas, entre jogadores, comissão técnica, jornalistas e convidados do Chapecoense, na madrugada (29), a webstore da NetShoes foi duramente criticada nas redes sociais por aumentar o valor da camisa do time catarinense de R$159 para R$249 reais.

Em nota oficial, a empresa explicou o ocorrido aponta que tudo não passou de um mal entendido. Segundo texto, após a Black Friday, evento anual que promove descontos na última sexta-feira de novembro, o estoque de camisetas do Chapecoense não havia sido completamente vendido. Entrentanto, com o fim do estoque, o código automático aumentou o preço novamente para o anterior à sexta (25).

Veja a nota oficial da empresa, divulgada no Twitter:

Veja também:  Jornalista denuncia ação de robôs comandada por Carlos Bolsonaro contra Greenwald

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum