22 de dezembro de 2015, 16h50

No Youtube, garoto de 13 anos faz vídeos sobre heróis negros brasileiros

Depois de descobrir Malcoln X e Mandela, jovem da zona leste de São Paulo criou o canal "Meus heróis negros brasileiros" para contar a históra de pessoas como Machado de Assis ou Zumbi dos Palmares e fazer com que outros negros e negras "se inspirem nesses heróis"; confira

Depois de descobrir Malcolm X e Mandela, jovem da zona leste de São Paulo criou o canal “Meus heróis negros brasileiros” para contar a históra de pessoas como Machado de Assis ou Zumbi dos Palmares e fazer com que outros negros e negras “se inspirem nesses heróis”; confira Por Redação* No que depender de Pedro Henrique Cortềs, adolescente de 13 anos da zona leste de São Paulo (SP), nenhum negro ou negra precisará ter como inspiração de vida somente pessoas brancas – não, pelo menos, por falta de conhecimento. Com o intuito de compartilhar com outras pessoas a história de...

Depois de descobrir Malcolm X e Mandela, jovem da zona leste de São Paulo criou o canal “Meus heróis negros brasileiros” para contar a históra de pessoas como Machado de Assis ou Zumbi dos Palmares e fazer com que outros negros e negras “se inspirem nesses heróis”; confira

Por Redação*

No que depender de Pedro Henrique Cortềs, adolescente de 13 anos da zona leste de São Paulo (SP), nenhum negro ou negra precisará ter como inspiração de vida somente pessoas brancas – não, pelo menos, por falta de conhecimento. Com o intuito de compartilhar com outras pessoas a história de vida e as lutas brasileiros e brasileiras negras que, para ele, não têm tanto ‘destaque’ quanto deveriam, o jovem criou o canal no Youtube “Meus heróis negros brasileiros”, que já tem mais de cinco mil inscrições.

Em entrevista ao jornal Extra, a mãe do garoto – a turismóloga Egnalda Côrtes – informou que tudo começou depois que Pedro assistiu à peça de teatro “O topo da montanha”, com Lázaro Ramos e Taís Araújo. Ao final do espetáculo, o jovem teria pedido à Egnalda as biografias de Malcolm X, Martin Luther King e Nelson Mandela. De acordo com a mãe, ela disse que daria, mas que também há heróis negros brasileiros. O garoto, então, começou a pesquisar e decidiu fazer o canal no Youtube. Com a ajuda da mãe, ele cria os roteiros com uma linguagem simples e didática para jovens da idade dele. Até agora já foram publicados vídeos com as histórias de Luiz Gama, Machado de Assis e Zumbi dos Palmares.

“Quero que outros jovens negros, assim como eu, se inspirem nesses heróis. É muito legal se inspirar em alguém parecido com você. Fala-se muito sobre heróis europeus, bandeirantes, mas quase nada sobre os negros”, disse o menino, também em entrevista ao Extra.

Confira abaixo os dois primeiros vídeos do projeto:

*Com informações do Extra