Imprensa livre e independente
20 de julho de 2015, 19h17

Novo humorístico da Globo é ridicularizado nas redes sociais

O programa mal estreou e já ganhou uma série de críticas dos telespectadores; no Twitter, internautas transformaram o programa “Tomara que Caia” em #TomaraQueAcabe. Confira as postagens.

O programa mal estreou e já ganhou uma série de críticas dos telespectadores; no Twitter, internautas transformaram o programa “Tomara que Caia” em #TomaraQueAcabe. Confira as postagens Por Redação A estreia do programa “Tomara que Caia”, da TV Globo, parece não ter agradado muita gente. Misto de humor e game, a nova atração, que teve início neste domingo (19), conta com Daniela Valente, Priscila Fantin, Fabiana Karla, Marcelo Serrado, Ricardo Tozzi, Eri Johnson, Heloisa Perissé e Nando Cunha no elenco. Embora os atores sejam bastante conhecidos do grande público, o programa fracassou no objetivo de fazer rir, com um texto...

O programa mal estreou e já ganhou uma série de críticas dos telespectadores; no Twitter, internautas transformaram o programa “Tomara que Caia” em #TomaraQueAcabe. Confira as postagens

Por Redação

A estreia do programa “Tomara que Caia”, da TV Globo, parece não ter agradado muita gente. Misto de humor e game, a nova atração, que teve início neste domingo (19), conta com Daniela Valente, Priscila Fantin, Fabiana Karla, Marcelo Serrado, Ricardo Tozzi, Eri Johnson, Heloisa Perissé e Nando Cunha no elenco.

Embora os atores sejam bastante conhecidos do grande público, o programa fracassou no objetivo de fazer rir, com um texto pobre e piadas sem graça. Pelo menos essa foi a avaliação dos telespectadores, que não demoraram para comentar o assunto nas redes sociais, transformando o programa Tomara que Caia em #TomaraQueAcabe.

Confira algumas postagens:

tomara4

tomara5

tomara3

tomara2

tomara8

Veja também:  HQ Rio de Lágrimas, com trilha sonora de rock progressivo, questiona o sistema financeiro

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum