AO VIVO
04 de dezembro de 2013, 17h53

“Augusto Nunes é um soldado de José Serra no Roda Viva”, diz deputado

João Paulo Rillo (PT) vai pedir à Fundação Padre Anchieta que o colunista da revista Veja seja retirado do comando do programa

João Paulo Rillo (PT) vai pedir à Fundação Padre Anchieta que o colunista da revista Veja seja retirado do comando do programa

Por Igor Carvalho

Augusto Nunes é apresentador do Roda Viva desde agosto (Foto: Divulgação – TV Cultura)

O deputado estadual João Paulo Rillo (PT) irá questionar a Fundação Padre Anchieta sobre a indicação do jornalista e colunista de Veja, Augusto Nunes para o comando do Roda Viva. De acordo com o parlamentar, o apresentador é “um soldado de José Serra” no programa.

O Roda Viva é comandado por Augusto Nunes desde o dia 26 de agosto, ocasião em que o jurista Miguel Reale Jr. foi entrevistado a respeito dos os embargos infringentes e os meandros da AP 470.

Para Rillo, desde que Nunes se tornou apresentador do Roda Viva, ficou clara a guinada do programa. “Ele tem um lado, até aí tudo bem, todos temos. Porém, o sujeito faz questão de demonstrar esse lado, e de forma violenta. Ele é tucano e todo mundo sabe disso.”

O deputado demonstrou irritação ao falar sobre a edição da última segunda-feira (2), na qual o músico Lobão foi entrevistado. “A gota d’água é levar esse sujeito [Lobão] que precisa ser tratado urgentemente. Ele sofre da Síndrome de Estocolmo, se apaixonou por quem o prendeu. Não tenho a menor dúvida que a ida do Lobão ao programa foi pensada e organizada pelo Augusto Nunes, ele é o antijornalista e antipetista”.

Rillo pretende questionar a Fundação até que Nunes seja removido da função. “Vou usar todas as ferramentas que meu cargo me permite utilizar para tirar esse sujeito de lá. O Roda Viva, que é um programa importante, não pode continuar sendo um programa do PSDB.”