Imprensa livre e independente
16 de maio de 2019, 15h37

“Bolsonaro adora falar grosso com as mulheres, mas fala fino com os EUA”, diz Juliano Medeiros

Presidente nacional do PSOL criticou a atitude do presidente, que constrangeu uma repórter da Folha e S.Paulo

Foto: DivulgaçãoPSOL
O presidente nacional do PSOL, Juliano Medeiros, rebateu Jair Bolsonaro, que atacou verbalmente uma repórter da Folha de S.Paulo, em breve entrevista em Dallas, nos Estados Unidos, onde está para receber homenagem. “Em entrevista nos EUA, Bolsonaro volta a ser Bolsonaro e desrespeita jornalista da Folha. O presidente adora falar grosso com as mulheres, especialmente aquelas que estão no exercício da sua profissão como repórteres. Mas fala fino com os EUA, os banqueiros e os latifundiários”, tuitou Medeiros, nesta quinta-feira (16). Bolsonaro fez a seguinte postagem em sua conta no Twitter: “Pela falta de recursos se faz contingenciamento. Todos os...

O presidente nacional do PSOL, Juliano Medeiros, rebateu Jair Bolsonaro, que atacou verbalmente uma repórter da Folha de S.Paulo, em breve entrevista em Dallas, nos Estados Unidos, onde está para receber homenagem.

“Em entrevista nos EUA, Bolsonaro volta a ser Bolsonaro e desrespeita jornalista da Folha. O presidente adora falar grosso com as mulheres, especialmente aquelas que estão no exercício da sua profissão como repórteres. Mas fala fino com os EUA, os banqueiros e os latifundiários”, tuitou Medeiros, nesta quinta-feira (16).

Bolsonaro fez a seguinte postagem em sua conta no Twitter: “Pela falta de recursos se faz contingenciamento. Todos os governos já fizeram isso, inclusive na Educação. Aqui nos Estados Unidos uma repórter da Folha desconhecia a diferença entre corte e contingenciamento. Nós explicamos. Assista”, tuitou.

Bolsonaro constrangeu a repórter: “Primeiro, vocês da Folha de S.Paulo têm que entrar de novo em uma faculdade que presta e fazer bom jornalismo. Isso que a Folha tem que fazer. E não contratar qualquer um, qualquer uma, pra ser jornalista. Pra ficar perguntando besteira e publicando coisa nojenta”, disse.

A Folha de S.Paulo é atacada pelo presidente desde a campanha eleitoral, após o veículo publicar reportagem que acusava um grupo de empresários de financiar disparos em massa de mensagens contra o PT no WhatsApp. Em ato de campanha, chegou a afirmar que o jornal “é a maior fake news do Brasil“. “Vocês não terão mais verba publicitária do governo”, disparou.

Veja também:  Parlamentares acionam MPF para barrar desmonte da Política de HIV e AIDs no Brasil

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum