Imprensa livre e independente
21 de janeiro de 2018, 09h28

Odair José: “Eu sou pró povo, por isso sou pró Lula”

“Ultimamente ouvi uma música que diz: ‘O presente está tentando pegar o futuro e levar pro passado’. Isto é retrocesso e eu espero que isso não aconteça”, disse o cantor

“Ultimamente ouvi uma música que diz: ‘O presente está tentando pegar o futuro e levar pro passado’. Isto é retrocesso e eu espero que isso não aconteça”, disse o cantor Da Redação Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais. O cantor e compositor Odair José também esteve, nesta quinta-feira (18), na Casa de Portugal, em São Paulo, no ato de apoio dos artistas a Lula: “Eu ando pelo Brasil há 48 anos, muita coisa já vi, muita coisa já vivi. Muita coisa já vi não fazerem pelo povo e já vi...

“Ultimamente ouvi uma música que diz: ‘O presente está tentando pegar o futuro e levar pro passado’. Isto é retrocesso e eu espero que isso não aconteça”, disse o cantor

Da Redação

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

O cantor e compositor Odair José também esteve, nesta quinta-feira (18), na Casa de Portugal, em São Paulo, no ato de apoio dos artistas a Lula:

“Eu ando pelo Brasil há 48 anos, muita coisa já vi, muita coisa já vivi. Muita coisa já vi não fazerem pelo povo e já vi muita gente fazer coisas pelo povo. Ultimamente ouvi uma música que diz: ‘O presente está tentando pegar o futuro e levar pro passado’. Isto é retrocesso e eu espero que isso não aconteça. O poder está na verdade com as pessoas. Eu tenho o meu destino misturado com o destino do povo brasileiro através do meu trabalho. Eu sou pró povo, por isso sou pró Lula.”

Foto: Reprodução

Veja também:  Lavajatista, juiz Bretas invoca Bíblia e toma invertida de Glenn Greenwald: Só se considerar Moro um deus

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum

#tags