Imprensa livre e independente
10 de dezembro de 2018, 12h14

Onyx Lorenzoni diz que tatuou frase bíblica para se lembrar de “erro” do Caixa 2

Indagado sobre o assunto na sexta-feira (7), o futuro ministro da Casa Civil se irritou e disse que já havia se "resolvido com Deus".

Onyx diz que fez tatuagem com texto bíblico para lembrar o "erro" (Reprodução/TV Bandeirantes)
Homem de “confiança” do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) – e do futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro -, o deputado Onyx Lorenzoni (DEM/RS), que chefiará a Casa Civil a partir de janeiro, disse, em entrevista ao programa Canal Livre, na TV Bandeirantes, na noite deste domingo (10), que fez uma tatuagem para “lembrar o erro” de ter recebido dinheiro via Caixa 2 da JBS. “Eu fiz isso para que eu nunca mais erre. Isso é para me lembrar do dia em que eu errei”, disse Lorenzoni, sobre a tatuagem, uma reprodução do versículo bíblico do evangelho de João (8:32):...

Homem de “confiança” do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) – e do futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro -, o deputado Onyx Lorenzoni (DEM/RS), que chefiará a Casa Civil a partir de janeiro, disse, em entrevista ao programa Canal Livre, na TV Bandeirantes, na noite deste domingo (10), que fez uma tatuagem para “lembrar o erro” de ter recebido dinheiro via Caixa 2 da JBS.

“Eu fiz isso para que eu nunca mais erre. Isso é para me lembrar do dia em que eu errei”, disse Lorenzoni, sobre a tatuagem, uma reprodução do versículo bíblico do evangelho de João (8:32): “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”, com a palavra liberdade escrita logo abaixo.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Após confessar em vídeo ter recebido R$ 100 mil via Caixa 2 da JBS em 2014, Lorenzoni é investigado por ter recebido um segundo repasse não declarado pela mesma empresa, em 2012.

Veja também:  Paulo Guedes ameaça sair do Brasil se reforma da Previdência que defende não for aprovada

Indagado sobre o assunto na sexta-feira (7), o futuro ministro da Casa Civil se irritou e disse que já havia se resolvido com Deus”.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum