Segunda Tela

20 de julho de 2016, 15h38

“Ou se converte, ou morre”: Bispo tira selfie com Jean Wyllys para pregar sua morte

A foto, que já foi apagada pelo bispo Marco Klain de seu perfil no Facebook, causou repercussão nas redes sociais pela ironia do religioso ao sorrir ao lado do deputado para fazer ameaças. Superior do bispo classificou a atitude como “infeliz” e assessoria de Wyllys informou que tomará medidas jurídicas sobre o caso

Por Redação

Defensor dos direitos da população LGBT e considerado um dos melhores deputados federais do país, Jean Wyllys (PSOL-RJ) foi alvo de uma ameaça, um tanto quanto irônica, que repercutiu nas redes sociais na manhã desta quarta-feira (20).

“Ou se converte, ou morre”, escreveu o bispo Marco Klain na legenda de uma ‘selfie’ em que aparece sorrindo com o parlamentar. A fotografia foi registrada em um voo do Brasil para o Reino Unido. Wyllys viajava em missão oficial. Klain, de férias.

O religioso, que faz parte da comunidade evangélica Bíblica da Graça, do Rio de Janeiro, ainda sugeriu que o deputado tenha interpretado a foto como um gesto amistoso.

“Acho que ele pensou que meu sorriso era pela foto conseguida…”, ironizou.

jeanbispo2

Reprodução/Facebook

Defensores de Jean Wyllys ficaram revoltados com a foto publicada pelo religioso uma vez que o parlamentar dificilmente nega uma fotografia. O bispo, de acordo com os internautas que repercutiram a publicação, se aproveitou da boa vontade do psolista para destilar seu ódio.

“99% das vezes são pessoas honestas, mas, nesse caso, o bispo enganou o deputado para tirar uma foto, e fez esse post com uma ameaça de morte”, escreveu em nota a assessoria de imprensa do parlamentar, que informou também que tomará medidas jurídicas com relação ao caso.

Após a repercussão negativa da postagem, o religioso excluiu a publicação e desativou sua página do Facebook. Até o momento ele não se pronunciou sobre o caso.

Ao BuzzFeed Brasil, o fundador da igreja e superior hierárquico de Klain, o apóstolo Eduardo Machado criticou a atitude. “

Foi uma postagem muito infeliz e já foi apagada”.