17 de setembro de 2018, 17h21

Palmeiras afirma que apoio de Felipe Melo a Bolsonaro é “manifestação particular”

“A Sociedade Esportiva Palmeiras vem a público esclarecer que o posicionamento político do atleta Felipe Melo reflete, única e exclusivamente, uma manifestação particular, e não da instituição”, diz nota divulgada pelo clube

Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Depois de o volante Felipe Melo, do Palmeiras, ter dedicado a Jair Bolsonaro o gol de empate do Palmeiras contra o Bahia, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro, o clube precisou emitir uma nota, dizendo que a declaração de apoio ao candidato era uma “manifestação particular” do jogador.

No domingo (16), Melo fez o gol e disse que Bolsonaro é “nosso futuro presidente”. Após a declaração, o Palmeiras disse ter neutralidade quando o assunto é política, crenças e religiões.

“A Sociedade Esportiva Palmeiras vem a público esclarecer que o posicionamento político do atleta Felipe Melo reflete, única e exclusivamente, uma manifestação particular, e não da instituição”, diz a nota.