15 de fevereiro de 2019, 13h14

Paola Carosella diz que morte do jovem negro no Extra gera menos indignação que de um cachorro

Vários artistas, políticos e personalidades da vida brasileira também condenaram o assassinato do jovem por um segurança do supermercado

Foto: Reprodução/Vídeo
Vários artistas, políticos e personalidades da vida brasileira manifestaram indignação, nesta sexta-feira (15), através do Twitter, pela morte do jovem negro, Pedro Gonzaga, de 19 anos, sufocado por um segurança, nesta quinta-feira, em uma loja do Extra na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. A chefe de cozinha Paola Carosella condenou a indignação seletiva da sociedade perante o extermínio da juventude negra e periférica. “A morte de um jovem negro em mãos de um segurança gera infinitamente menos indignação que a morte de um cachorro em mãos de um segurança”, tuitou. A morte de um jovem negro em mãos...

Vários artistas, políticos e personalidades da vida brasileira manifestaram indignação, nesta sexta-feira (15), através do Twitter, pela morte do jovem negro, Pedro Gonzaga, de 19 anos, sufocado por um segurança, nesta quinta-feira, em uma loja do Extra na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

A chefe de cozinha Paola Carosella condenou a indignação seletiva da sociedade perante o extermínio da juventude negra e periférica. “A morte de um jovem negro em mãos de um segurança gera infinitamente menos indignação que a morte de um cachorro em mãos de um segurança”, tuitou.

Algumas pessoas presentes alertaram o segurança para a gravidade do que ele estava fazendo. “Está sufocando ele”, advertiu uma mulher. “Ele está com a mão roxa”, disse outra pessoa. Porém, o segurança não soltou o pescoço do jovem e falou: “Cala a boca”.

Assim como Paolla, a deputada Erika Kokay, a atriz Leandra Leal e o líder do MTST, Guilherme Boulos, também condenaram o assassinato .

“Cena indignante, prova de que o “guarda da esquina” está solto. O mercado Extra e o segurança têm que ser imediatamente responsabilizados por esse homicídio. Basta de indignação seletiva!”, publicou Guilherme Boulos.

Leia também: VÍDEO: Rapaz morre após levar “mata-leão” de segurança em mercado do Rio

Com informações do Brasil247