Imprensa livre e independente
14 de dezembro de 2018, 09h21

Papa afasta dois conselheiros por envolvimento em casos de abusos sexuais de crianças

Cardeal George Pell, acusado na Austrália de agressões sexuais contra menores, e o chileno Francisco Javier Errázuriz, suspeito de ter escondido os atos de um padre pedófilo, faziam parte do C9, que aconselha o Papa Francisco sobre a reforma da administração da Santa Sé.

Foto: Twitter/Pontifex
O Vaticano confirmou oficialmente que o papa Francisco afastou de seu círculo de conselheiros mais próximos o cardeal George Pell, acusado na Austrália de agressões sexuais contra menores, e o chileno Francisco Javier Errázuriz, suspeito de ter escondido os atos de um padre pedófilo. Os dois fazem parte do conselho de nove cardeais de todos os continentes, chamado C9, que aconselha o Papa Francisco sobre a reforma da administração da Santa Sé. O papa afastou Pell da poderosa secretaria de Economia há 18 meses, para que ele pudesse se defender diante da Justiça australiana. Ontem, dois meios religiosos na internet,...

O Vaticano confirmou oficialmente que o papa Francisco afastou de seu círculo de conselheiros mais próximos o cardeal George Pell, acusado na Austrália de agressões sexuais contra menores, e o chileno Francisco Javier Errázuriz, suspeito de ter escondido os atos de um padre pedófilo.

Os dois fazem parte do conselho de nove cardeais de todos os continentes, chamado C9, que aconselha o Papa Francisco sobre a reforma da administração da Santa Sé.

O papa afastou Pell da poderosa secretaria de Economia há 18 meses, para que ele pudesse se defender diante da Justiça australiana. Ontem, dois meios religiosos na internet, o National Catholic Reporter e a America Magazine, informaram que ele foi condenado por unanimidade, mas a pena só será conhecida em fevereiro.

As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais

Veja também:  “É algo inútil e inadequado”, diz Doria sobre manifestações pró-Bolsonaro

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum