AO VIVO
09 de dezembro de 2013, 15h06

Partido de Maduro conquista maior parte das prefeituras na Venezuela

Segundo boletim do Conselho Nacional Eleitoral, Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) havia conquistado 13 capitais e a oposição, oito

Segundo boletim do Conselho Nacional Eleitoral, Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) havia conquistado 13 capitais e a oposição, oito

Por Leandra Felipe, da Agência Brasil

Na quarta eleição realizada na Venezuela em pouco mais de um ano, o governo de Nicolás Maduro conseguiu, nesse domingo (8), ampliar sua base de apoio no interior do país. Por volta das 22h (1h30 no horário brasileiro de verão), o Conselho Nacional Eleitoral  divulgou os resultados parciais “irreversíveis” de 257 municípios (77%). O Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) havia conquistado 13 capitais e a Mesa da Unidade Democrática (MUD), que reúne a oposição, oito capitais.

Ao todo, os eleitores escolheram prefeitos para 335 cidades e para dois distritos metropolitanos, além de 1.466 vereadores. Dos votos totalizados até o anúncio do primeiro boletim, mais de 97%, o PSUV teve 4.583.477 votos (44,16%) e a MUD 4.252.082, (40,96%)

O comparecimento às urnas foi 58,92% dos eleitores. No país, mais de 19 milhões de eleitores estavam habilitados para votar, mas o voto não é obrigatório. A presidenta do CNE, Tibisay Lucena, parabenizou a população pela participação, que considerou “um sucesso”.

Em Libertador, Distrito Capital, que compreende Caracas e mais quatro cidades, venceu o candidato Jorge Rodríguez, do PSUV, com 54,55%. Após o anuncio da vitória, ele e o presidente Nicolás Maduro deram declarações à população.

O presidente Nicolás Maduro comemorou o resultado (Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr)

No Distrito Metropolitano de Caracas, nome do órgão administrativo e político que coordena a cidade,  venceu o candidato da MUD, Antonio Ledezma, que teve 51,8%. A área metropolitana tem pouco mais de 3 milhões habitantes, de acordo com o último censo. Ledezma derrotou Ernesto Villegas (PSUV), ex-ministro de Comunicações do governo de Hugo Chávez.

A MUD ganhou também na cidade Barinas, capital do estado de Barinas, terra natal de Hugo Chávez, e também no município de Valência, capital de Carabobo.

O presidente Nicolás Maduro fez um longo discurso direto do Palácio de Miraflores. Ao lado de membros do PSUV e de Jorge Rodríguez, prefeito eleito de Libertador (Distrito Capital), ele comemorou os resultados.

“Para cada quatro municípios ganhamos três e a oposição apenas um. Agradeço ao povo pela fidelidade e ao nosso comandante Hugo Chávez”, declarou.

A imprensa nacional e internacional e analistas acompanharam o processo com atenção, porque o resultado definiria a manutenção do apoio regional ao governo de Nicolás Maduro ou determinaria o fortalecimento da oposição, liderada por Henrique Capriles.

Nas últimas eleições municipais no país, realizadas em 2008, a situação ganhou a disputa com ampla maioria, em 267 prefeituras das 335 cidades.

Maduro comemorou também ter vencido a maioria das prefeituras do estado de Miranda, governado por seu principal adversário político, Henrique Capriles.