Imprensa livre e independente
10 de janeiro de 2017, 10h47

Patrícia Pillar entra na justiça contra quem a injuriou por ter apoiado Dilma

A atriz Patrícia Pillar, uma das muitas celebridades que sofreu e sofre preconceito e injúria nas redes por conta de suas posições políticas, resolveu ir pra briga. Ela está movendo uma ação contra quatro internautas após ela ter se posicionado a favor de Dilma Roussef durante o processo de impeachment.

A atriz Patrícia Pillar, uma das muitas celebridades que sofreu e sofre preconceito e injúria nas redes por conta de suas posições políticas, resolveu ir pra briga. Ela está movendo uma ação contra quatro internautas após ela ter se posicionado a favor de Dilma Roussef durante o processo de impeachment. Da Redação com informações da coluna de Ancelmo Gois A atriz Patrícia Pillar, uma das muitas celebridades que sofreu e sofre preconceito e injúria nas redes por conta de suas posições políticas, resolveu ir pra briga. Ela está movendo uma ação contra quatro internautas após ela ter se posicionado a...

A atriz Patrícia Pillar, uma das muitas celebridades que sofreu e sofre preconceito e injúria nas redes por conta de suas posições políticas, resolveu ir pra briga. Ela está movendo uma ação contra quatro internautas após ela ter se posicionado a favor de Dilma Roussef durante o processo de impeachment.

Da Redação com informações da coluna de Ancelmo Gois

A atriz Patrícia Pillar, uma das muitas celebridades que sofreu e sofre preconceito e injúria nas redes por conta de suas posições políticas, resolveu ir pra briga. Ela está movendo uma ação contra quatro internautas após ela ter se posicionado a favor de Dilma Roussef durante o processo de impeachment.

O seu advogado, Ricardo Cerqueira, prestou queixa na DRCI, que pediu a quebra dos dados cadastrais de Danilo Veras, José Ferras, Edemar Abbiati e Luiz Sérgio Zanella. O processo corre na 40ª Vara Criminal do Rio.

Foto: Divulgação

O projeto de jornalismo livre da Fórum precisa de você. Seja um sócio e ajude a manter o nosso site funcionando.

Veja também:  Ex-PGR, Claudio Fonteles, sobre Moro e Dallagnol: “não representam a magistratura nem o MPF”

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum