Imprensa livre e independente
19 de novembro de 2017, 15h00

Pedro Cardoso: “Nunca imaginei habitar o nascimento do fascismo”

Em uma profunda entrevista com Cláudio Prado, o ator falou sobre inúmeros assuntos e também sobre o momento político atual do país, e ainda disparou: “Fiquei com vontade de votar no Lula” Por Redação O ator Pedro Cardoso, que acaba de lançar seu livro “O Livro dos Títulos”, protagonizou neste sábado (18) com Claudio Prado, da Mídia Ninja, uma profunda conversa sobre política, filosofia, cultura e internet. O diálogo se deu no Fliaraxá, o Festival Literário de Araxá. Claudio Prado iniciou a conversa com sua já tradicional pergunta: Que porra é essa que está acontecendo no país? Pedro Cardoso foi...

Em uma profunda entrevista com Cláudio Prado, o ator falou sobre inúmeros assuntos e também sobre o momento político atual do país, e ainda disparou: “Fiquei com vontade de votar no Lula”

Por Redação

O ator Pedro Cardoso, que acaba de lançar seu livro “O Livro dos Títulos”, protagonizou neste sábado (18) com Claudio Prado, da Mídia Ninja, uma profunda conversa sobre política, filosofia, cultura e internet.

O diálogo se deu no Fliaraxá, o Festival Literário de Araxá.

Claudio Prado iniciou a conversa com sua já tradicional pergunta: Que porra é essa que está acontecendo no país?

Pedro Cardoso foi direto e disse estar “assustado” com o “nascimento” do fascismo no país. Ao dar continuidade ao assunto, contou que foi a Araxá (MG) de carro e, parando em postos de combustíveis e nas cidades vizinhas, ia perguntando em quem as pessoas votariam para presidente em 2018. “Nove em cada dez pessoas disseram que iam votar no Lula. Eu, que nunca me imaginei votando no Lula novamente, fiquei com vontade de votar no Lula”, disparou.

Veja também:  Moro ataca The Intercept e diz que reportagens têm "viés político-partidário" para libertar Lula

Leia também
“Socialismo melhorou os países para onde os brasileiros fogem”, afirma Pedro Cardoso

Assista a íntegra da entrevista.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum