Imprensa livre e independente
23 de janeiro de 2019, 20h08

Pelo Twitter, Evo Morales se solidariza com Maduro: “Nunca mais seremos quintal dos EUA”

Presidente da Bolívia tuitou: “Nossa solidariedade com o povo venezuelano e com o irmão Nicolás Maduro, nestas horas decisivas em que as garras do imperialismo buscam novamente ferir de morte a democracia”

Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil “Nossa solidariedade com o povo venezuelano e com o irmão Nicolás Maduro, nestas horas decisivas em que as garras do imperialismo buscam novamente ferir de morte a democracia e a autodeterminação dos povos da América do Sul. Nunca mais seremos quintal dos Estados Unidos”. Esta foi a mensagem de solidariedade e apoio que o presidente da Bolívia, Evo Morales, enviou a Nicolás Maduro, pelo Twitter. Nuestra solidaridad con el pueblo venezolano y el hermano @NicolasMaduro, en estas horas decisivas en que las garras del imperialismo buscan nuevamente herir de muerte la democracia y autodeterminación de los...

Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

“Nossa solidariedade com o povo venezuelano e com o irmão Nicolás Maduro, nestas horas decisivas em que as garras do imperialismo buscam novamente ferir de morte a democracia e a autodeterminação dos povos da América do Sul. Nunca mais seremos quintal dos Estados Unidos”.

Esta foi a mensagem de solidariedade e apoio que o presidente da Bolívia, Evo Morales, enviou a Nicolás Maduro, pelo Twitter.


Fórum terá um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Maduro enfrenta uma tentativa de golpe de Estado por parte da oposição.

O golpe

O deputado Juan Guaidó, presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, se autoproclamou presidente interino da Venuzuela.

Veja também:  Funcionários do BNDES farão protesto contra precarização do órgão

Nicolás Maduro, em resposta, anunciou o corte total de relações diplomáticas e econômicas com os Estados Unidos e deu o prazo de 72 horas para que o corpo diplomático norte-americano deixe o país.

Agora que você chegou ao final deste texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum