Imprensa livre e independente
22 de outubro de 2018, 12h16

Pesquisa CNT/MDA aponta diferença menor entre Bolsonaro e Haddad

Bolsonaro tem 57% dos validos contra 43% de Haddad. A enquete, realizada nos dias 20 e 21, já reflete as denúncias de caixa dois na campanha de Bolsonaro

Reprodução/SBT
Na primeira pesquisa de intenção de votos no segundo turno feita pelo instituto MDA, encomendada pela CNT (Confederação Nacional do Transporte), divulgada nesta segunda-feira (22), o candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) tem 57% das intenções de votos válidos contra 43% de Fernando Haddad (PT). A enquete foi realizada nos dias 20 e 21, portanto já reflete as denúncias de disparos de fake news através de WhatsApp feita com caixa dois na campanha de Bolsonaro. O cálculo leva em consideração somente os votos válidos. Ou seja, exclui os entrevistados que disseram votar em branco, nulo ou os que se declararam indecisos....

Na primeira pesquisa de intenção de votos no segundo turno feita pelo instituto MDA, encomendada pela CNT (Confederação Nacional do Transporte), divulgada nesta segunda-feira (22), o candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) tem 57% das intenções de votos válidos contra 43% de Fernando Haddad (PT).

A enquete foi realizada nos dias 20 e 21, portanto já reflete as denúncias de disparos de fake news através de WhatsApp feita com caixa dois na campanha de Bolsonaro.

O cálculo leva em consideração somente os votos válidos. Ou seja, exclui os entrevistados que disseram votar em branco, nulo ou os que se declararam indecisos.

Intenção de votos válidos para presidente:

Jair Bolsonaro (PSL): 57%
Fernando Haddad (PT): 43%

Na intenção de voto total, que inclui os brancos, nulos indecisos, Bolsonaro tem 48,8% e Haddad, 36,7%. Brancos e nulos somam 11,0%. Os entrevistados que não souberam ou não responderam são 3,5%.

Intenção de voto para presidente (total):

Jair Bolsonaro (PSL): 48,8%
Fernando Haddad (PT): 36,7%
Branco/Nulo: 11,0%
Indeciso: 3,5%

Veja também:  Entidades denunciam: Política de morte e o fim do departamento de Aids

A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa ouviu 2.002 pessoas em 20 e 21 de outubro, em 137 municípios de 25 unidades da federação. Ela está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-00346/2018 e tem nível de confiança de 95%.

 

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum