Pesquisa interna do DEM descarta apoio a Alckmin e aproxima o partido de Ciro
27 de junho de 2018, 10h41

Pesquisa interna do DEM descarta apoio a Alckmin e aproxima o partido de Ciro

A expectativa é que o DEM resolva a questão entre a segunda e a terceira semana de julho

De acordo com o Painel da Folha, em nota desta quarta-feira (27), uma pesquisa realizada pelo DEM praticamente descartou o apoio a Geraldo Alckmin (PSDB) e tranquilizou a ala do partido que é refratária a uma aliança com o tucano. Alckmin não decola nem entre eleitores que dizem simpatizar com o PSDB.

A pesquisa qualitativa sobre a corrida presidencial tem como objetivo ajudar a legenda a resolver qual dos concorrentes ao comando do Palácio do Planalto a sigla apoiará quando o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), desistir de sua pré-candidatura, o que deve ocorrer em julho.

Estavam no páreo, até então, além de Alckmin, o candidato do PDT, Ciro Gomes. O senador Alvaro Dias (Podemos) também poderia receber o apoio do partido comandado pelo prefeito de Salvador, ACM Neto, mas corre por fora na mesa de negociações. O pré-candidato do PSL, deputado Jair Bolsonaro, que tem apoiadores dentro do DEM, é considerado pela cúpula da legenda como “carta fora do baralho”.

Sentimento positivo com relação a Ciro

A expectativa é que o DEM resolva a questão entre a segunda e a terceira semana de julho. De acordo com nota do Valor Econômico, caciques do DEM admitem nos bastidores que o sentimento positivo em relação a Ciro prevaleceu após o jantar entre integrantes da legenda e o pedetista na última terça-feira.

O discurso mais assertivo do pré-candidato do PDT agradou e até mesmo surpreendeu alguns dos presentes. Com tom conciliador, o pedetista lembrou que “jogou sozinho” até agora, mas demonstrou disposição em construir um projeto coletivo, caso as legendas de centro decidissem apoiá-lo em suas pretensões eleitorais.