ASSISTA
11 de junho de 2014, 12h57

Pesquisa Vox Populi indica vitória de Dilma no primeiro turno

Aécio Neves (PSDB) cresceu cinco pontos e Eduardo Campos (PSB) segue estagnado; candidato do PSTU aparece com 1% da intenção de votos

Aécio Neves (PSDB) cresceu cinco pontos e Eduardo Campos (PSB) segue estagnado; candidato do PSTU aparece com 1% da intenção  de votos 

Por Redação

Nova pesquisa Vox Populi/Carta Capital, divulgada nesta quarta-feira (11), indica vitória da presidenta Dilma Rousseff, pré-candidata à reeleição, no primeiro turno. Na sondagem estimulada (quando o entrevistado recebe a relação dos candidatos), a petista aparece com 40% das intenções de voto; Aécio Neves (PSDB), que oscilou quatro pontos para cima, tem 21% e o candidato do PSB, Eduardo Campos tem 8%.

Dilma Rousseff aparece com o mesmo percentual do levantamento anterior, de abril, e, entre os candidatos, o único que apresentou alteração na intenção de votos foi o tucano. Campos e o pastor Everaldo (PSC) seguem estagnados. O candidato cristão permanece com 2%. Quem pontuou pela primeira vez foi o presidenciável do PSTU, José Maria de Almeida, que apareceu com 1% das intenções de voto.

Os candidato Randolfe Rodrigues (PSOL), Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB), Eduardo Jorge (PV), Mauro Iase (PCB) e Denise Abreu (PTN) não alcançaram nem 1% dos votos. A pesquisa Vox Populi/Carta Capital também indica que o número de indecisos, nulos e brancos caíram: de 18% para 14% e 15% para 14%, respectivamente.

Diferentemente das outras pesquisas divulgadas recentemente, nesta última rodada do Vox Populi a presidenta Dilma Rousseff, se a eleição fosse hoje, se reelegeria no primeiro turno, visto que a diferença entre a sua intenção de votos (40%) e a soma dos demais adversários (32%) supera a margem de erro da  pesquisa (2,1 pontos percentuais). Portanto, de acordo com o Vox Populi, não haveria segundo turno.

A pesquisa consultou 2,2 mil eleitores em 161 municípios entre os dias 30 de maio e 1º de junho.