Imprensa livre e independente
10 de julho de 2018, 10h04

Pesquisadora brasileira ganha prêmio literário na Itália e o dedica a Lula. Vídeo

“Este prêmio é dedicado a Luiz Inácio Lula da Silva, o nosso presidente. Uma pessoa que nunca fez universidade e, no entanto, construiu dezessete universidades públicas”, disse a escritora

Ligiana Costa. Foto: Felipe Morozini / Divulgação
A cantora lírica, pesquisadora e escritora brasileira Ligiana Costa, recebeu neste domingo (08/07) o prêmio Flaiano de literatura, na cidade de Pescara, na Itália, pelo livro “O Corego”, sobre a arte cênica italiana do século XVII. Na ocasião, ela dedicou o prêmio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Veja o vídeo:   “Este prêmio é dedicado a Luiz Inácio Lula da Silva, o nosso presidente. Uma pessoa que nunca fez universidade, e, no entanto, construiu dezessete universidades públicas, e encontrou um modo de fazer que este lugar fosse aberto a tudo e a todos”, concluiu a pesquisadora, que recebeu uma das...

A cantora lírica, pesquisadora e escritora brasileira Ligiana Costa, recebeu neste domingo (08/07) o prêmio Flaiano de literatura, na cidade de Pescara, na Itália, pelo livro “O Corego”, sobre a arte cênica italiana do século XVII. Na ocasião, ela dedicou o prêmio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Veja o vídeo:

 

“Este prêmio é dedicado a Luiz Inácio Lula da Silva, o nosso presidente. Uma pessoa que nunca fez universidade, e, no entanto, construiu dezessete universidades públicas, e encontrou um modo de fazer que este lugar fosse aberto a tudo e a todos”, concluiu a pesquisadora, que recebeu uma das maiores premiações literárias da Itália pelo livro “O Corego”, sobre a arte cênica italiana do século XVII.

A autora ainda pediu a liberdade do ex-presidente, segurando um cartaz com os dizeres “Free Lula” (Lula Livre): “Um dia compreenderemos todos a injustiça que se faz agora no Brasil”, disse.

O prêmio Flaiano está em sua 45ª edição e é uma das maiores premiações de artes da Itália, que homenageia além da literatura, a cinema, o teatro, a televisão e o rádio.

Veja também:  Bolsonaro vai pro tudo ou nada e convoca caminhoneiros e radicais para as ruas

Com informações do Opera Mundi

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum