Imprensa livre e independente
15 de setembro de 2018, 12h51

Pimentel enquadra jornalista da Globo e faz ele dizer o nome de Lula

"Meu candidato preferido seria o Lula, nesta eleição, infelizmente ele não pode ser candidato porque arbitrariamente o foi retirado esse direito"

(Foto: Reprodução/MG1)
Candidato do PT ao governo de MG e atual governador, Fernando Pimentel foi entrevistado pela TV Globo de Minas, nesta sexta-feira (14). “O senhor tem falado muito e a gente tratou aqui dessa questão nacional, do…. do… de quem seria o candidato do partido e da justiça…”, dizia o jornalista, quando Pimentel interrompeu: “Você está falando do Lula, pode falar o nome dele”. Pimentel, que foi ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil, de 2011 a 2014, no governo de Dilma Rousseff, fez o apresentador da emissora falar o nome do ex-presidente e ainda o defendeu: “Vou dizer...

Candidato do PT ao governo de MG e atual governador, Fernando Pimentel foi entrevistado pela TV Globo de Minas, nesta sexta-feira (14). “O senhor tem falado muito e a gente tratou aqui dessa questão nacional, do…. do… de quem seria o candidato do partido e da justiça…”, dizia o jornalista, quando Pimentel interrompeu: “Você está falando do Lula, pode falar o nome dele”.

Pimentel, que foi ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil, de 2011 a 2014, no governo de Dilma Rousseff, fez o apresentador da emissora falar o nome do ex-presidente e ainda o defendeu: “Vou dizer aos eleitores de Minas, eu sou do campo democrático popular, meu candidato preferido seria o Lula, nesta eleição, infelizmente ele não pode ser candidato porque arbitrariamente o foi retirado esse direito, inclusive contra recomendação da ONU”. Assista à entrevista neste link, e vá ao minuto 7:38.

O candidato à reeleição tem 22% das intenções de voto, segundo a última pesquisa Ibope, divulgada na terça-feira (12). O tucano Antonio Anastasia aparece com 31%. A pesquisa ouviu 1.512 eleitores entre 9 e 11 de setembro. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos

Veja também:  Moro diz que indicou testemunha ao MPF contra Lula "por descuido"

 

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum