Imprensa livre e independente
10 de agosto de 2018, 20h07

Pimentel planeja batizar sua coligação de ‘Lula Livre’

Interlocutores do governador de Minas Gerais, que tenta a reeleição, informaram que sua campanha terá uma "causa política", que é a liberdade do ex-presidente Lula

Foto: Ricardo Stuckert
O governador de Minas Gerais e candidato à reeleição pelo PT, Fernando Pimentel, estaria planejando batizar sua coligação que, além de seu partido, conta com PCdoB, PR e DC, de “Lula Livre”. As informações são do jornal mineiro O Tempo. Interlocutores do petista teriam informado que Pimentel quer fazer uma campanha com “causa política”, que é a liberdade do ex-presidente Lula. Antes de definir o nome da coligação, no entanto, os advogados da campanha de Pimentel consultarão a Justiça Eleitoral para evitar eventuais problemas com o uso do nome de um candidato à presidência da República. O governador, de acordo...

O governador de Minas Gerais e candidato à reeleição pelo PT, Fernando Pimentel, estaria planejando batizar sua coligação que, além de seu partido, conta com PCdoB, PR e DC, de “Lula Livre”. As informações são do jornal mineiro O Tempo.

Interlocutores do petista teriam informado que Pimentel quer fazer uma campanha com “causa política”, que é a liberdade do ex-presidente Lula. Antes de definir o nome da coligação, no entanto, os advogados da campanha de Pimentel consultarão a Justiça Eleitoral para evitar eventuais problemas com o uso do nome de um candidato à presidência da República.

O governador, de acordo com a última pesquisa CNT/MDA, divulgada no final de julho, está em segundo lugar nas intenções de voto, com 13,3%. O líder é Antonio Anastasia (PSDB), que tem 21,5% das intenções.

 

Veja também:  Itália impõe decreto que prevê multa de até 50 mil euros a quem resgata migrantes no Mediterrâneo

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum