Imprensa livre e independente
21 de novembro de 2017, 11h50

Por conta de demissões, funcionários do SBT cancelam festa de fim de ano

Acontece na empresa de Sílvio Santos um grande processo de reestruturação que envolve corte de gastos e demissão de funcionários

Acontece na empresa de Sílvio Santos um grande processo de reestruturação que envolve corte de gastos e demissão de funcionários Da Redação* A coluna de Flávio Ricco, do UOL, informa que os funcionários do SBT tomaram a iniciativa de cancelar a tradicional festa de fim de ano. Em função das muitas demissões promovidas e a se promover, entende-se que não há clima nenhum para a confraternização, que costuma contar com a participação de todos. Acontece no SBT um grande processo de reestruturação que envolve corte de gastos e demissão de funcionários. Todos os departamentos estão sofrendo baixas e o esforço...

Acontece na empresa de Sílvio Santos um grande processo de reestruturação que envolve corte de gastos e demissão de funcionários

Da Redação*

A coluna de Flávio Ricco, do UOL, informa que os funcionários do SBT tomaram a iniciativa de cancelar a tradicional festa de fim de ano.

Em função das muitas demissões promovidas e a se promover, entende-se que não há clima nenhum para a confraternização, que costuma contar com a participação de todos.

Acontece no SBT um grande processo de reestruturação que envolve corte de gastos e demissão de funcionários.

Todos os departamentos estão sofrendo baixas e o esforço de reduzir custos em um ano tão ruim não poupa sequer o “Programa Silvio Santos” e a Teledramaturgia.

*Com informações da coluna de Flávio Ricco. Colaborou José Carlos Nery

Foto: Divulgação

 

Veja também:  Greenwald compara reação de Moro e Dallagnol à dos Estados Unidos no Caso Snowden

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum