Imprensa livre e independente
14 de fevereiro de 2018, 12h54

Povo vaia e joga água em ACM Neto e Doria, em camarote em Salvador

A reação de ACM Neto foi se retirar imediatamente do camarote da TV Aratu, juntamente com Dória, que também foi vaiado

De acordo com o jornal Grande Bahia, ACM Neto levou um jato de água, nesta terça-feira (13), às 17h, ao saudar o bloco das Muquiranas, no Campo Grande, que é puxado pelo cantor Léo Santana, os foliões responderam com água, muita água. A reação de ACM Neto foi se retirar imediatamente do camarote da TV Aratu, juntamente com seu convidado, o prefeito de São Paulo, João Dória, que também foi vaiado. O demista tem declarado a imprensa que se mantém indefinido quando a uma pré-candidatura. Políticos da base do prefeito de Salvador informaram à setores da imprensa que a fragilidade...

De acordo com o jornal Grande Bahia, ACM Neto levou um jato de água, nesta terça-feira (13), às 17h, ao saudar o bloco das Muquiranas, no Campo Grande, que é puxado pelo cantor Léo Santana, os foliões responderam com água, muita água.

A reação de ACM Neto foi se retirar imediatamente do camarote da TV Aratu, juntamente com seu convidado, o prefeito de São Paulo, João Dória, que também foi vaiado.

O demista tem declarado a imprensa que se mantém indefinido quando a uma pré-candidatura. Políticos da base do prefeito de Salvador informaram à setores da imprensa que a fragilidade da candidatura é decorrente da falta de apoio popular e político.

Duas das principais bases dos conservadores e reacionários da Bahia, formada por prefeitos e parlamentares, rejeitam a candidatura de ACM Neto ao governo.

Foto: Antônio Carlos Peixoto/Reprodução Jornal Grande Bahia

 

Veja também:  Dono do carro de luxo que arrastou idosa se apresenta na delegacia

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum