Imprensa livre e independente
29 de outubro de 2017, 14h39

PPL deve lançar João Vicente Goulart, filho de Jango, candidato à presidência em 2018

João Vicente anunciou sua desfiliação ao PDT em maio deste ano. Em sua página no Facebook, ele justificou que não concordava com a aliança do partido no Distrito Federal com o governador Rodrigo Rollemberg (PSB). Da Redação Mais um nome pode surgir na disputa de 2018. Reunião da executiva do Partido Pátria Livre (PPL) neste sábado (28) avançou nas discussões de lançar João Vicente Goulart, filho de Jango, como pré-candidato à Presidência da República em 2018. João Vicente anunciou sua desfiliação ao PDT em maio deste ano. Em sua página no Facebook, ele justificou que não concordava com a aliança...

João Vicente anunciou sua desfiliação ao PDT em maio deste ano. Em sua página no Facebook, ele justificou que não concordava com a aliança do partido no Distrito Federal com o governador Rodrigo Rollemberg (PSB).

Da Redação

Mais um nome pode surgir na disputa de 2018. Reunião da executiva do Partido Pátria Livre (PPL) neste sábado (28) avançou nas discussões de lançar João Vicente Goulart, filho de Jango, como pré-candidato à Presidência da República em 2018.

João Vicente anunciou sua desfiliação ao PDT em maio deste ano. Em sua página no Facebook, ele justificou que não concordava com a aliança do partido no Distrito Federal com o governador Rodrigo Rollemberg (PSB). “Não posso mais compactuar com a aliança espúria que continuamos a manter no Distrito Federal, com o covarde governador Rollemberg, que cassou Jango, meu pai, pela segunda vez, ao cassar o ‘Memorial da Liberdade e Democracia Presidente João Goulart’”, disse à época.

Em julho, João Vicente se filiou ao PPL, num ato na Assembleia Legislativa de São Paulo.”O programa do PPL me trouxe a esperança de reerguer um legado que dormia nas prateleiras políticas do trabalhismo”, afirmou então. “Não mais podemos deixar de trazer à tona as reformas de base do governo de meu pai, o presidente João Goulart, o Jango.”

Veja também:  MPF repudia decisão de Bolsonaro de passar terras indígenas para Ministério da Agricultura

João Vicente é escritor e foi finalista do prêmio Jabuti 2107, com a obra Jango e eu: memórias de um exílio sem volta (editora Civilização Brasileira), onde ele narra as memórias do exílio após o golpe de 1964.

Foto: Luciana Whitaker/RBA

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum