Imprensa livre e independente
05 de junho de 2017, 17h44

Preço de livro de Aécio despenca após denúncias

Alvo de inquérito e afastado do Senado, livro com depoimento do tucano teve o preço reduzido em mais de 50% Por Redação  Lançado em 2014, o livro “Quando a política vale a pena”, do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), teve seu preço reduzido em ao menos duas livrarias. Na Martins Fontes da avenida Paulista, em São Paulo, a publicação que era vendida a R$29,90 passou a custar, nesta semana, R$14, 95. Nas lojas online, o preço do livro também despencou e está sendo vendido, em ao menos dois sites, por apenas R$11,96. Publicado pela editora Leya, o livro consiste em...

Alvo de inquérito e afastado do Senado, livro com depoimento do tucano teve o preço reduzido em mais de 50%

Por Redação 

Lançado em 2014, o livro “Quando a política vale a pena”, do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), teve seu preço reduzido em ao menos duas livrarias. Na Martins Fontes da avenida Paulista, em São Paulo, a publicação que era vendida a R$29,90 passou a custar, nesta semana, R$14, 95. Nas lojas online, o preço do livro também despencou e está sendo vendido, em ao menos dois sites, por apenas R$11,96.

Publicado pela editora Leya, o livro consiste em um depoimento do tucano sobre sua atuação frente ao governo de Minas Gerais e enquanto senador.

A queda do preço do livro vem em meio ao afastamento do senador de suas funções parlamentares, determinado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, após a delação dos donos da JBS. De acordo com o empresário Joesley Batista, Aécio pediu milhões em propina. Com a denúncia, o ex-governador de Minas Gerais se tornou alvo de seu 6º inquérito no Supremo. Neste último, ele é investigado por corrupção passiva, obstrução da justiça e organização criminosa.

Veja também:  Crime em Brumadinho: Gilmar suspende quebra de sigilo de ex-presidente da Vale

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum