Imprensa livre e independente
07 de julho de 2018, 08h29

Prefeito de Bruxelas ironiza Neymar em rede social depois da vitória belga e cria polêmica

O político compartilhou um meme com a tradicional estátua “Manneken Pis”, o menino urinando, em cima de uma imagem de Neymar se contorcendo.

Foto: Reprodução/Twitter Philippe Close Depois da vitória da Bélgica diante da seleção brasileira, em partida válida pelas quartas-de-final da Copa do Mundo da Rússia, inúmeros memes invadiram as fedes sociais. No país vencedor, principalmente, houve centenas. No entanto, um em especial não foi bem recebido, até mesmo pelos europeus. Philippe Close, prefeito de Bruxelas, publicou em seu Twitter uma montagem envolvendo Neymar. As informações são do Extra. Close compartilhou um meme com a tradicional estátua “Manneken Pis”, o menino urinando, que, inclusive, inspirou uma peça parecida que fica em frente à sede do Botafogo, no Rio de Janeiro. Nela, o...

Foto: Reprodução/Twitter Philippe Close

Depois da vitória da Bélgica diante da seleção brasileira, em partida válida pelas quartas-de-final da Copa do Mundo da Rússia, inúmeros memes invadiram as fedes sociais. No país vencedor, principalmente, houve centenas. No entanto, um em especial não foi bem recebido, até mesmo pelos europeus. Philippe Close, prefeito de Bruxelas, publicou em seu Twitter uma montagem envolvendo Neymar. As informações são do Extra.

Close compartilhou um meme com a tradicional estátua “Manneken Pis”, o menino urinando, que, inclusive, inspirou uma peça parecida que fica em frente à sede do Botafogo, no Rio de Janeiro. Nela, o xixi do garoto cai em cima de uma imagem de Neymar se contorcendo. “Nada a comentar”, postou o político.

Muitos brasileiros, como já era de se esperar, não gostaram da “piada” e foram até a conta de Close no Twitter para reclamar. E receberam o apoio da maioria dos belgas, que se manifestaram contrários à atitude do político.

Veja também:  Em votação unânime, STJ decide libertar Temer e Coronel Lima

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum