Imprensa livre e independente
02 de fevereiro de 2017, 17h21

“Primeira operária Primeira-Dama do país”, diz MST sobre Marisa Letícia

Em nota, movimento relembrou a militância da companheira do ex-presidente Lula no Sindicato dos Metalúrgicos. Leia Por Redação O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) divulgou, na tarde desta quinta-feira (2), uma nota de pesar sobre o falecimento da ex-primeira dama, Dona Marisa Letícia, como era carinhosamente chamada pelos operários das fábricas e no movimento sindical. O movimento, inclusive, lembrou na nota a militância que Marisa teve no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e seu envolvimento com a classe trabalhadora. “Forte e discreta, compartilhou com Lula o sonho de uma sociedade justa e fraterna. E se transformou na primeira...

Em nota, movimento relembrou a militância da companheira do ex-presidente Lula no Sindicato dos Metalúrgicos. Leia

Por Redação

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) divulgou, na tarde desta quinta-feira (2), uma nota de pesar sobre o falecimento da ex-primeira dama, Dona Marisa Letícia, como era carinhosamente chamada pelos operários das fábricas e no movimento sindical.

O movimento, inclusive, lembrou na nota a militância que Marisa teve no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e seu envolvimento com a classe trabalhadora.

“Forte e discreta, compartilhou com Lula o sonho de uma sociedade justa e fraterna. E se transformou na primeira operária Primeira-Dama do país”, escreveram.

Leia a nota na íntegra.

À família e amigos do companheiro Lula*

É com profundo pesar que nos dirigimos à família de Dona Marisa Letícia, em especial ao seu companheiro de vida, Luiz Inácio Lula da Silva, para manifestar nossa solidariedade e desejar força nesse momento de dor.

Dona Marisa foi uma lutadora e exemplo da classe trabalhadora. Criou seus filhos, militou no sindicato dos metalúrgicos e participou com seu companheiro em todas as batalhas da classe.

Forte e discreta, compartilhou com Lula o sonho de uma sociedade justa e fraterna. E se transformou na primeira operária Primeira-Dama do país.

Com um abraço solidário de todos militantes do MST.

São Paulo, 2 de fevereiro de 2017.

Foto: Paulo Pinto/Instituto Lula

Veja também:  Defesa de Lula inclui conversas espúrias de Moro com Dallagnol em ação que tramita no STF

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum