Imprensa livre e independente
10 de agosto de 2015, 10h59

Protesto em Ferguson termina com um homem gravemente ferido

O ato marca o aniversário da morte do adolescente negro Michael Brown, assassinado por um policial branco. O caso, ocorrido em agosto de 2014, acirrou as discussões sobre o tratamento violento concedido à população negra no país.

O ato marca o aniversário da morte do adolescente negro Michael Brown, assassinado por um policial branco. O caso, ocorrido em agosto de 2014, acirrou as discussões sobre o tratamento violento concedido à população negra no país Por Redação Na madrugada desta segunda-feira (10), um homem ficou gravemente ferido durante um protesto em Ferguson, no Missouri. O ato contou com a participação de 300 pessoas e marca o aniversário da morte do adolescente negro Michael Brown, assassinado por um policial branco em agosto de 2014. Desde então, vários negros desarmados também morreram em outras cidades norte-americanas, o que acirrou ainda...

O ato marca o aniversário da morte do adolescente negro Michael Brown, assassinado por um policial branco. O caso, ocorrido em agosto de 2014, acirrou as discussões sobre o tratamento violento concedido à população negra no país

Por Redação

Na madrugada desta segunda-feira (10), um homem ficou gravemente ferido durante um protesto em Ferguson, no Missouri. O ato contou com a participação de 300 pessoas e marca o aniversário da morte do adolescente negro Michael Brown, assassinado por um policial branco em agosto de 2014. Desde então, vários negros desarmados também morreram em outras cidades norte-americanas, o que acirrou ainda mais as manifestações contra o tratamento concedido às minorias no país.

De acordo com a versão oficial, o homem ferido hoje teria atirado contra policiais, que reagiram, e segue em estado crítico. Ele não estava na manifestação, mas participaria de uma troca de tiros entre dois grupos rivais. Os quatro agentes envolvidos estão afastados para cumprir um procedimento padrão em casos de confronto.

Foto de capa: Ferguson Action

 

Veja também:  Gilmar Mendes afirma que revelações da Vaza Jato poderiam, sim, ser usadas como prova

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum