Imprensa livre e independente
21 de agosto de 2014, 08h15

PSB confirma Marina Silva candidata à presidência da República

Em seu primeiro discurso oficial, disse que é preciso mudar o Brasil e acabar com a polarização entre PT e PSDB

Em seu primeiro discurso oficial, candidata disse que é preciso mudar o Brasil e acabar com a polarização entre PT e PSDB Por Redação O PSB confirmou na noite desta quarta-feira (20) o nome de Marina Silva como sua candidata à presidência da República. Foi também oficializado o nome de Beto Albuquerque como vice. Por volta das 22h, Silva fez o seu primeiro discurso. “Precisamos mudar o Brasil preservando as coisas boas e corrigindo os equívocos”, disse. Marina também voltou a atacar a polarização entre PT e PSDB. “A polarização já deu o que tinha de dar, já deu sua...

Em seu primeiro discurso oficial, candidata disse que é preciso mudar o Brasil e acabar com a polarização entre PT e PSDB

Por Redação

O PSB confirmou na noite desta quarta-feira (20) o nome de Marina Silva como sua candidata à presidência da República. Foi também oficializado o nome de Beto Albuquerque como vice. Por volta das 22h, Silva fez o seu primeiro discurso. “Precisamos mudar o Brasil preservando as coisas boas e corrigindo os equívocos”, disse.

Marina também voltou a atacar a polarização entre PT e PSDB. “A polarização já deu o que tinha de dar, já deu sua contribuição histórica”, afirmou. No ato, a candidata que se apresenta como a terceira via destas eleições, disse que vai manter as “responsabilidades” assumidas por Campos.

Religiosa, Marina Silva fez menção a sua fé. “Quero, primeiramente, agradecer a Deus por estar nos ajudando a fazer essa travessia difícil, após a perda daquele que havíamos escolhido para nos guiar nessa difícil tarefa de mudar o Brasil. Mudar com a visão de que se começa o novo no novo, corrigindo os equívocos praticados e encarando os desafios desse início de século”, declarou.

Veja também:  “Se preciso a polícia tem que entrar em universidades”, diz ministro da Educação

Por fim, Marina Silva falou sobre a carta que lhe foi entregue pelo PSB. “A carta me diz o sentido do que é a história desse partido e agora temos a obrigação de o reerguer da fatalidade que se abateu. Recebo essa carta como pedido de acolhimento”, finalizou.

Foto: PSB

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum