Blog do George Marques

direto do Congresso Nacional

11 de abril de 2019, 17h38

PSOL apresenta na CCJ voto em separado contra a reforma da Previdência

A posição do partido poderá ser apreciada pela comissão caso o parecer do relator Marcelo Freitas seja rejeitado pelo plenário da Casa; votação será na semana que vem

Foto: Oliver Kornblihtt/Mídia Ninja

O PSOL protocolou, na tarde desta quinta-feira (11), na Comissão de Constituição, Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, um voto em separado contra a reforma da previdência (PEC 06/2019). Caso semana que vem a CCJ rejeite o parecer do relator Marcelo Freitas (PSL-MG), o texto dos socialistas pode ser apreciado pela comissão.

A votação na CCJ  analisará apenas se as mudanças são constitucionais ou não. Possíveis alterações ocorrerão na comissão especial, fase seguinte da tramitação.

O documento foi assinado pela deputada Talíria Petrone (RJ), membro titular da CCJ, e Marcelo Freixo (RJ), suplente do partido na Comissão, e conta com o apoio de toda a bancada.

Ao se manifestar pela inconstitucionalidade da proposta o partido argumenta que ela representa um prejuízo maior para as mulheres, impacto desproporcional sobre professoras e professores, violação do direito fundamental ao acesso à justiça, retrocesso nos direitos dos trabalhadores rurais, precarização da remuneração dos idosos atendidos pelo BPC (Benefício de Prestação Continuada), entre outros.

Veja também:  Valor da conta de luz vai subir em até 50% no Brasil inteiro

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum