Imprensa livre e independente
29 de outubro de 2018, 16h44

PT elege maior número de governos estaduais e domina o Nordeste com aliados

Além da maior bancada na Câmara dos Deputados, o partido elegeu quatro governadores no Nordeste e faz parte das coligações de todos os vencedores dos outros estados da região

Foto: Ricardo Stuckert
Com 47 milhões de votos – 31,9% do eleitorado – o PT saiu derrotado na eleição presidencial, mas obteve importantes vitórias neste pleito. Além de ter conquistado a maior bancada da Câmara dos Deputados, com 56 parlamentares, o partido elegeu o maior número de governadores. Serão, a partir de 2019, quatro estados da federação comandados pelo partido do ex-presidente Lula: Bahia, com Rui Costa; Piauí, com Wellington Dias; Ceará, com Camilo Santana e Rio Grande do Norte, com Fátima Bezerra – a única mulher eleita governadora em 2018. Leia também Bolsonaro foi eleito com votos de 39,5% do eleitorado brasileiro; Haddad...

Com 47 milhões de votos – 31,9% do eleitorado – o PT saiu derrotado na eleição presidencial, mas obteve importantes vitórias neste pleito. Além de ter conquistado a maior bancada da Câmara dos Deputados, com 56 parlamentares, o partido elegeu o maior número de governadores.

Serão, a partir de 2019, quatro estados da federação comandados pelo partido do ex-presidente Lula: Bahia, com Rui Costa; Piauí, com Wellington Dias; Ceará, com Camilo Santana e Rio Grande do Norte, com Fátima Bezerra – a única mulher eleita governadora em 2018.

Leia também
Bolsonaro foi eleito com votos de 39,5% do eleitorado brasileiro; Haddad venceu na maioria das cidades

Apesar de ter perdido os governos de Minas Gerais e do Acre, o PT pela primeira vez conquistou a hegemonia no Nordeste. Além dos quatro governadores eleitos, a legenda faz parte da coligação dos vencedores nos outros 5 estados da região: Sergipe, com Belivaldo Chagas (PSD); Alagoas, com Renan Filho (MDB); Maranhão, com Flávio Dino (PCdoB); Paraíba, com João Azevêdo (PSB) e Pernambuco, com Paulo Câmara (PSB).

Veja também:  TRF-4 nega recurso da defesa na segunda condenação da Lava Jato e Zé Dirceu pode voltar à prisão

 

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum