Imprensa livre e independente
11 de setembro de 2018, 21h12

PT veicula primeiro programa eleitoral com Haddad como candidato à presidência

Programa de rádio e TV do PT usa um vídeo de Lula e pela primeira vez apresenta Fernando Haddad como o candidato do partido à presidência; "Lula agora é Haddad 13", diz o narrador. Assista

Reprodução
Após oficializar Fernando Haddad como o candidato à presidência pelo partido, em substituição a Lula, o PT divulgou, na noite desta terça-feira (11), o primeiro programa eleitoral em que o ex-prefeito é colocado como o cabeça da coligação “O Povo Feliz de Novo”, que tem Manuela D’Ávila como candidata a vice-presidente. O programa começa com uma mensagem de um narrador informando que “cometeram mais uma injustiça contra Lula” e que o ex-presidente “não vai desistir”. Leia também Lula: “Quero pedir a todos que votariam em mim, que votem em Haddad para presidente” “Lula pediu: vamos seguir juntos, unidos. Lula agora...

Após oficializar Fernando Haddad como o candidato à presidência pelo partido, em substituição a Lula, o PT divulgou, na noite desta terça-feira (11), o primeiro programa eleitoral em que o ex-prefeito é colocado como o cabeça da coligação “O Povo Feliz de Novo”, que tem Manuela D’Ávila como candidata a vice-presidente.

O programa começa com uma mensagem de um narrador informando que “cometeram mais uma injustiça contra Lula” e que o ex-presidente “não vai desistir”.

Leia também
Lula: “Quero pedir a todos que votariam em mim, que votem em Haddad para presidente”

“Lula pediu: vamos seguir juntos, unidos. Lula agora é Haddad 13”, diz a narração.

O próprio Lula aparece no programa que, evidentemente, conta com uma mensagem do agora candidato Fernando Haddad.

Assista.

Veja também:  Bolsonaro veta bagagem gratuita em voos domésticos e ignora emenda do PT que garantiria benefício

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum