#FÓRUMCAST
05 de julho de 2018, 15h55

PTB coloca ministério à disposição: “Não participei de qualquer esquema espúrio”, diz Roberto Jefferson

Além do ministro, estão sendo investigados vários outros políticos do PTB, entre eles Cristiane Brasil, filha do presidente nacional do partido, Roberto Jefferson

O PTB colocou o Ministério do Trabalho à disposição de Temer, em nota emitida na tarde desta quinta-feira (5). A atitude se dá em função da suspensão do cargo do ministro do Trabalho, Helton Yomura,  que teria cometido fraudes na concessão de registros de sindicatos.

Além do ministro, estão sendo investigados pela Polícia Federal vários outros políticos do PTB, entre eles Cristiane Brasil, filha do presidente nacional do partido, Roberto Jefferson.

Na nota, Jefferson diz: “Não participei de qualquer esquema espúrio no Ministério do Trabalho. E acrescento que minha colaboração restringiu-se a apoio político ao governo para que o PTB comandasse a Pasta”.

Leia a nota na íntegra abaixo:

“O Partido Trabalhista Brasileiro vem a público mais uma vez para reafirmar seu apoio às investigações da Operação Registro Espúrio no âmbito do Ministério do Trabalho.

Como já foi dito, se houve irregularidade na Pasta caberá aos responsáveis responder à Justiça por seus atos.
Não concordamos, todavia, com inferências divulgadas antes que as investigações estejam concluídas. Pessoalmente, insisto: não participei de qualquer esquema espúrio no Ministério do Trabalho. E acrescento que minha colaboração restringiu-se a apoio político ao governo para que o PTB comandasse a Pasta.

Comunico ainda que a Executiva Nacional do PTB coloca o Ministério do Trabalho à disposição do governo Michel Temer.

Brasília, 5 de julho de 2018

Roberto Jefferson

Presidente Nacional do PTB”