Imprensa livre e independente
09 de dezembro de 2017, 18h17

Quebra o pau na convenção do PSDB. Veja o vídeo

O clima de animosidade entre os militantes repetiu o racha que o partido vive hoje

O clima de animosidade entre os militantes repetiu o racha que o partido vive hoje Da Redação* A exemplo do que acontece com os caciques do partido, quebrou o pau também entre militantes na convenção nacional do PSDB, realizada neste sábado (9), em Brasília. O bate-boca generalizado acabou com agressões, xingamentos e cadeiras atiradas uns nos outros. A confusão começou na ala onde estão os tucanos de São Paulo e do Distrito Federal. A briga envolve os militantes pró e contra o governador do DF, Rodrigo Rollemberg (PSB). Eles se desentenderam porque um grupo quer apoiar a reeleição do socialista...

O clima de animosidade entre os militantes repetiu o racha que o partido vive hoje

Da Redação*

A exemplo do que acontece com os caciques do partido, quebrou o pau também entre militantes na convenção nacional do PSDB, realizada neste sábado (9), em Brasília. O bate-boca generalizado acabou com agressões, xingamentos e cadeiras atiradas uns nos outros. A confusão começou na ala onde estão os tucanos de São Paulo e do Distrito Federal.

A briga envolve os militantes pró e contra o governador do DF, Rodrigo Rollemberg (PSB). Eles se desentenderam porque um grupo quer apoiar a reeleição do socialista em 2018 e outro defende a candidatura do deputado Izalci Lucas (PSDB) ao governo.

O clima quente na convenção não se resume a disputas regionais. O senador Aécio Neves, que até hoje era o presidente do partido, foi vaiado e deixou a convenção por uma saída lateral. O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, também foi vaiado ao anunciar que é pré-candidato ao Planalto, o que significa disputar com Geraldo Alckmin prévias para a escolha do nome que irá representar o PSDB na eleição presidencial. Em resposta, sugeriu aos convencionais que se alinhassem ao deputado e presidenciável Jair Bolsonaro.

Veja também:  Deputado defende proposta que aumenta recursos para municípios

*Com informações do Cafezinho

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum