Imprensa livre e independente
17 de abril de 2019, 17h49

“Quem destruiu o Brasil foram os professores de filosofia, direito e ciências sociais”, ataca Olavo de Carvalho

O “guru” da família Bolsonaro ainda ameaça: “Essa gente tem de ser desmascarada por completo, e o será, pouco importando a sua superioridade numérica”

Foto: Reprodução/YouTube
O “guru” da família Bolsonaro, Olavo de Carvalho, usou sua página no Facebook para destilar seu ódio e atacar professores de algumas áreas específicas. “Quem DESTRUIU o Brasil foram os professores de filosofia, direito e ciências sociais. Essa gente tem de ser desmascarada por completo, e o será, pouco importando a sua superioridade numérica”, postou. Em seguida, fez outra publicação, bem mais amena, elogiando a professora de sua mãe, que não reclamava do salário. “Minha mãe sempre falava com carinho da sua professora de escola primária, Dona Simira, que dava a vida pelos alunos e nunca reclamou do salário. Só...

O “guru” da família Bolsonaro, Olavo de Carvalho, usou sua página no Facebook para destilar seu ódio e atacar professores de algumas áreas específicas.

“Quem DESTRUIU o Brasil foram os professores de filosofia, direito e ciências sociais. Essa gente tem de ser desmascarada por completo, e o será, pouco importando a sua superioridade numérica”, postou.

Em seguida, fez outra publicação, bem mais amena, elogiando a professora de sua mãe, que não reclamava do salário.

“Minha mãe sempre falava com carinho da sua professora de escola primária, Dona Simira, que dava a vida pelos alunos e nunca reclamou do salário. Só com a instrução que recebeu dela, Dona Nice escrevia em português correto, com uma caligrafia maravilhosa, e fazia tudo quanto é conta de cabeça até o último dia dos seus 99 anos de vida”.

Mais força

Em que pese os comentários desse tipo, Olavo de Carvalho voltou a ganhar força no Ministério da Educação. O novo ministro, Abraham Weintraub, faz parte do grupo dos seguidores do astrólogo.

Veja também:  Política econômica de Bolsonaro-Guedes destruirá o Brasil, por Gleisi Hoffmann

Olavo de Carvalho havia se enfraquecido durante a gestão de apenas três meses do ex-ministro Ricardo Vélez Rodríguez. O retorno dos “olavistas” à pasta ocorre, principalmente, para cargos de caráter técnico.

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum