18 de abril de 2018, 13h24

R7 apaga reportagem mostrando triplex luxuoso depois do vídeo do MTST

Desmontada a farsa, correram pra apagar

Por Brasil 247

O portal R7 apagou uma reportagem publicada em julho de 2017, quando o apartamento no Guarujá (SP) pelo qual o ex-presidente Lula foi condenado no âmbito da Lava Jato, mesmo sem ser dono, foi mostrado de forma luxuosa, o que se mostrou ser uma mentira depois da ocupação do MTST no apartamento nesta segunda-feira 16.

Os militantes do MTST divulgaram fotos e vídeos do apartamento, e ficou claro que a cozinha não recebeu a tão falada reforma milionária, pela qual Lula teria sido beneficiado pela OAS. O termo “triplex” vinha sendo usado para designar o apartamento maior e mais suntuoso (veja aqui).

Veja a matéria aqui