Imprensa livre e independente
08 de dezembro de 2013, 15h07

Rapper esnoba convite da Globo e da Fifa: “Vocês patrocinam o apartheid brasileiro”

Emissora carioca convidou Gog para se apresentar em evento da entida máxima do futebol, durante a Copa do Mundo 2014

Emissora carioca convidou Gog para se apresentar em evento da entida máxima do futebol, durante a Copa do Mundo 2014 Por Redação (Imagem: Reprodução/Facebook) O rapper Gog anunciou, na última sexta-feira (06), através de seu perfil no Facebook, que recusou um convite da Rede Globo para se apresentar em evento da Fifa durante a Copa do Mundo 2014. “Não aceito o convite, não negocio com vocês, não me procurem mais, esqueçam meu nome”, afirmou o músico. O evento seria realizado, segundo Gog, na Esplanada dos Ministérios no dia 15 de junho de 2014. Exatamente nesta data, ocorrerá, em Brasília, o...

Emissora carioca convidou Gog para se apresentar em evento da entida máxima do futebol, durante a Copa do Mundo 2014

Por Redação

(Imagem: Reprodução/Facebook)

O rapper Gog anunciou, na última sexta-feira (06), através de seu perfil no Facebook, que recusou um convite da Rede Globo para se apresentar em evento da Fifa durante a Copa do Mundo 2014. “Não aceito o convite, não negocio com vocês, não me procurem mais, esqueçam meu nome”, afirmou o músico.

O evento seria realizado, segundo Gog, na Esplanada dos Ministérios no dia 15 de junho de 2014. Exatamente nesta data, ocorrerá, em Brasília, o jogo entre as seleções de Suíça e Equador.

Em seguida, Gog explica sua decisão. “Vocês patrocinam o apartheid brasileiro. Bando de racistas!”. O rapper ainda pediu que a Globo retire “o nome de Nelson Mandela dos noticiários sujos” da emissora.

 

Veja também:  "Comentarista" de notícias na internet é condenado por discriminação racial contra nordestinos

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum