ASSISTA
08 de dezembro de 2013, 15h07

Rapper esnoba convite da Globo e da Fifa: “Vocês patrocinam o apartheid brasileiro”

Emissora carioca convidou Gog para se apresentar em evento da entida máxima do futebol, durante a Copa do Mundo 2014

Emissora carioca convidou Gog para se apresentar em evento da entida máxima do futebol, durante a Copa do Mundo 2014

Por Redação

(Imagem: Reprodução/Facebook)

O rapper Gog anunciou, na última sexta-feira (06), através de seu perfil no Facebook, que recusou um convite da Rede Globo para se apresentar em evento da Fifa durante a Copa do Mundo 2014. “Não aceito o convite, não negocio com vocês, não me procurem mais, esqueçam meu nome”, afirmou o músico.

O evento seria realizado, segundo Gog, na Esplanada dos Ministérios no dia 15 de junho de 2014. Exatamente nesta data, ocorrerá, em Brasília, o jogo entre as seleções de Suíça e Equador.

Em seguida, Gog explica sua decisão. “Vocês patrocinam o apartheid brasileiro. Bando de racistas!”. O rapper ainda pediu que a Globo retire “o nome de Nelson Mandela dos noticiários sujos” da emissora.