Imprensa livre e independente
11 de fevereiro de 2019, 07h16

Record mente sobre Encontro dos Sem Terrinha para agradar Bolsonaro, diz coordenador do MST

Segundo coordenador nacional do movimento, "o MST cuida, junto das famílias sem-terra, de milhares de crianças que sofrem na pele o descaso do poder público em fazer reforma agrária e garantir uma vida digna no campo"

(Foto: Brasil de Fato)
“A Record mente sobre Encontro Sem Terrinha do MST para agradar Bolsonaro. Na noite deste domingo (10) muita gente assistiu a uma sequência de mentiras”, afirma o coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, João Paulo Rodrigues.  A TV Record exibiu uma reportagem onde afirma que vídeos publicados pelo movimento envolvendo crianças estariam causando revolta na internet por “doutrinar crianças”. “Até que ponto meninos e meninas podem ser incluídos em movimentos políticos e ideológicos?”, questionam as apresentadoras do programa Domingo Espetacular. Segundo Rodrigues, as imagens são do Encontro Sem Terrinha, que o MST realizou em 2018 em Brasília com 1.200...

“A Record mente sobre Encontro Sem Terrinha do MST para agradar Bolsonaro. Na noite deste domingo (10) muita gente assistiu a uma sequência de mentiras”, afirma o coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, João Paulo Rodrigues.  A TV Record exibiu uma reportagem onde afirma que vídeos publicados pelo movimento envolvendo crianças estariam causando revolta na internet por “doutrinar crianças”. “Até que ponto meninos e meninas podem ser incluídos em movimentos políticos e ideológicos?”, questionam as apresentadoras do programa Domingo Espetacular.

Segundo Rodrigues, as imagens são do Encontro Sem Terrinha, que o MST realizou em 2018 em Brasília com 1.200 crianças. “A Record fala em doutrinação de crianças, que o MST manipula e não cuida dos sem-terrinha. É tudo mentira! Você sabia que o encontro era sobre direito à educação e alimentação saudável? Pois é! São crianças que estão lutando por escolas e alimento sem veneno”, diz em seu Twitter.

“O MST cuida, junto das famílias sem-terra, de milhares de crianças que sofrem na pele o descaso do poder público em fazer reforma agrária e garantir uma vida digna no campo”, conclui.

Veja também:  Greve Geral: Metrô funciona parcialmente em São Paulo

O encontro teve o tema “Sem Terrinha em Movimento: Brincar, Sorrir, Lutar por Reforma Agrária Popular!” e foram debatidos os direitos da criança e a questão da alimentação saudável. Os participantes se dividiam em diversas oficinas culturais e lúdicas. Através delas, parte das crianças, por exemplo, foi integrada à equipe de comunicação do encontro, tirando fotos, escrevendo textos e gravando vídeos.

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum