Imprensa livre e independente
23 de maio de 2019, 17h47

Renato Rovai lança livro sobre a história do jornalismo digital em BH

O editor da Fórum, Renato Rovai, lança seu novo livro “Um novo Ecossistema Midiático: A história do jornalismo digital no Brasil”, na Casa do jornalista em Belo Horizonte, na próxima quarta-feira (29)

O editor da Fórum, Renato Rovai, lança seu novo livro Um novo ecossistema midiático: a história do jornalismo digital no Brasil, na Casa do jornalista em Belo Horizonte (Rua Alvares Cabral, 400), na próxima quarta-feira (29), a partir das 19h. A obra apresenta uma investigação deste novo ciclo da imprensa, que teve início no país em 1995, quando o Jornal do Brasil decidiu colocar sua edição impressa para circular também na internet. A história da internet  Dividido em quatro grandes capítulos, o trabalho começa contando a história da internet, suas fases, os grandes debates que se deram sobre seu potencial...

O editor da Fórum, Renato Rovai, lança seu novo livro Um novo ecossistema midiático: a história do jornalismo digital no Brasil, na Casa do jornalista em Belo Horizonte (Rua Alvares Cabral, 400), na próxima quarta-feira (29), a partir das 19h. A obra apresenta uma investigação deste novo ciclo da imprensa, que teve início no país em 1995, quando o Jornal do Brasil decidiu colocar sua edição impressa para circular também na internet.

A história da internet 

Dividido em quatro grandes capítulos, o trabalho começa contando a história da internet, suas fases, os grandes debates que se deram sobre seu potencial libertador por um lado e de controle pelo outro até chegar em como o jornalismo foi se relacionando com este novo meio definido por Castells como “o tecido de nossas vidas”.

Nessas primeiras 50 páginas, Rovai traz o pensamento de autores e pesquisadores do tema e acaba proporcionando uma viagem no tempo das grandes obras que trataram do contexto da internet desde sua criação no projeto ARPA.

Veja também:  Questionário para emprego em órgão federal pede opinião sobre "intenção de Bolsonaro"

Entrevistas

O segundo capítulo é fruto de 38 entrevistas com personagens que fizeram a história do jornalismo digital de 1995 até hoje, além da leitura de centenas de documentos e trabalhos acadêmicos sobre o tema. Nele, Rovai além de revelar bastidores de como veículos foram criados e deixaram de existir, também faz uma reflexão de como o ecossistema informativo foi mudando no país a partir do impacto das novas tecnologias digitais.

A despeito de ser um livro acadêmico, pois foi baseado no doutorado do autor, realizado na Universidade Federal do ABC, ele tem um toque investigativo e jornalístico. Entre outras instigantes revelações, o leitor ficará sabendo de detalhes da guerra entre Abril e Folha de S. Paulo para ver quem lançava o primeiro portal (UOL e BOL), entre outros casos.

Ultimate Fighting Journalism

Nos dois últimos capítulos, Rovai discute questões atuais do jornalismo, como o debate das fake news, o poder dos algoritmos, a influência de plataformas de rede como o Facebook na produção de notícias, a mudança do papel do jornalista e a crise do financiamento da imprensa.

Veja também:  "Eu poderia ter discutido a minha volta para fazer mais", diz Lula sobre eleições de 2014

Rovai defende que a entrada do jornalismo na era digital ampliou imensamente a quantidade de vozes informativas e criou um novo ambiente que ele caracteriza como de Ultimate Fighting Journalism.

É um momento onde se tem um intenso choque de narrativas a respeito dos mesmos fatos, o que evidentemente gera problemas, mas ao mesmo tempo revela maior nível de pluralidade.

Um novo ecossistema midiático: a história do jornalismo digital no Brasil é editado pela Clacso (Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales) e foi lançado no Congresso da entidade realizado entre 19 e 22 de novembro de 2018, em Buenos Aires. Será lançado pela primeira vez em Minas Gerais neste evento na Casa do Jornalista de BH.

Segundo o professor Sérgio Amadeu, que assina o prefácio da obra “trata-se de um texto que faltava para compreendermos um pouco mais o Brasil. É um livro indispensável para a teoria democrática da comunicação”.

Quem é Renato Rovai

Criador e diretor da Revista Fórum desde 2001, é graduado em Jornalismo pela Universidade Metodista do ABC, mestre em Comunicação pela Universidade de São Paulo (USP) e doutor em Ciências Humanas e Sociais pela Universidade Federal do ABC.

Veja também:  Câmara já tem data para Moro prestar esclarecimentos sobre conteúdo dos vazamentos

Lecionou jornalismo nas graduações da Faculdade Cásper Líbero, da Universidade Santa Cecília e da Escola de Comunicação e Artes da USP (ECA-USP). Também foi professor da pós-graduação do Centro de Estudos Latino-Americanos de Cultura e Comunicação da ECA-USP.

Organizou o livro Golpe 16, no qual diversos blogueiros relatam o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, e é autor, entre outras obras, de Midiático Poder: o caso Venezuela e a guerrilha informativa.

Militante da democratização das comunicações foi um dos articuladores do Fórum de Mídia Livre e do Encontro Nacional dos Blogueiros (Blogprog).

Serviço

Data: Quarta-feira 29 – 19h
Local: AV. Alvares Cabral, 400 – Casa do Jornalista – BH
Autor: Renato Rovai – Editora Clacso
Preço: 45,00

Compre já aqui e receba em seu endereço.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum