Imprensa livre e independente
25 de fevereiro de 2019, 07h01

Rodrigo Maia diz que foi contra a ação de Bolsonaro na Venezuela e que fracasso era previsível

"Temos de tomar todo cuidado, não podemos dar qualquer pretexto para justificar algo pior, não tínhamos que intervir nisso", disse o presidente da Câmara

Foto: Marcos Corrêa/PR
Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM/RJ), disse ao blog jornalista Valdo Cruz, publicado nesta segunda-feira (25) no portal G1, que era previsível o fracasso da entrega da ajuda humanitária à população venezuelana. “Era previsível. Todos sabem que o Nicolás Maduro, apesar de toda grave crise na Venezuela, ainda tem o controle do território, ele não iria permitir a entrada de uma ajuda articulada pelos Estados Unidos”, afirmou Maia. Maia, que foi consultado por Jair Bolsonaro (PSL) sobre o apoio à ação contra a Venezuela capitaneada pelos EUA, acredita que o Brasil não tinha que intervir nisso. “Temos de...

Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM/RJ), disse ao blog jornalista Valdo Cruz, publicado nesta segunda-feira (25) no portal G1, que era previsível o fracasso da entrega da ajuda humanitária à população venezuelana.

“Era previsível. Todos sabem que o Nicolás Maduro, apesar de toda grave crise na Venezuela, ainda tem o controle do território, ele não iria permitir a entrada de uma ajuda articulada pelos Estados Unidos”, afirmou Maia.

Maia, que foi consultado por Jair Bolsonaro (PSL) sobre o apoio à ação contra a Venezuela capitaneada pelos EUA, acredita que o Brasil não tinha que intervir nisso. “Temos de tomar todo cuidado, não podemos dar qualquer pretexto para justificar algo pior, não tínhamos que intervir nisso”.

Segundo o blogueiro, Rodrigo Maia manifestou suas dúvidas sobre a viabilidade da operação na conversa com o presidente, colocando-se no mesmo lado de uma ala dos militares do governo que também não via com bons olhos a operação.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.

Veja também:  Central de Movimentos Populares pede liberdade imediata para Lula

 

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum