Rodrigo Vianna

Escrevinhador

Por Rodrigo Vianna

26 de setembro de 2018, 18h49

Bolsonaro estaciona, Haddad cresce, e Ciro segue a ser fundamental

É preciso incorporar todos setores democráticos para enfrentar o fascismo. Sem arrogância e sem colocar a fidelidade canina ao "petismo" à frente dos interesses do Brasil. Quando Haddad estava mais voltado a defender Lula, e a consolidar a transferência de votos, foi Ciro quem assumiu o papel de confrontar a direita no debate econômico e também no campo dos costumes. Alguém precisava chamar Mourão de “jumento”, e Bolsonaro de “nazista filho da puta”. Coube a Ciro enfrentar o fascismo de peito aberto. Mas não é só isso.


+ posts

10 de agosto de 2018, 18h43

O eleitor avalia: Alckmin e Meireles foram os piores; Ciro e Marina ganharam primeiro debate

A pedido de uma consultoria, telespectadores deram notas aos candidatos, durante o confronto no estúdio da Band. O resultado é preocupante para os dois candidatos mais próximos do mercado. Henrique Meirelles parece um caso perdido: mal consegue se comunicar. Alckmin não se saiu mal nesse quesito. Mas também carrega a marca de ser um dos candidatos que ajudaram a patrocinar a desastrosa politica liberal de Temer. Boulos resumiu bem a situação, ao dizer que ali no estúdio havia "50 tons de Temer". O tucano terá muita dificuldade para sair dessa sinuca.


02 de agosto de 2018, 11h21

PSB, Lula e Ciro: o jogo avança e a mídia se desespera

Colunistas ligados ao PSDB uivam de raiva: o lulismo está vivo! Abaixo, uma tentativa de entender o quadro eleitoral, depois que Lula/PT deram um xeque em Ciro.


10 de julho de 2018, 14h13

Sete perguntas ao jurista Walter Maierovitch

O correto Walter Fanganiello Maierovitch publicou texto em sua página no FB apoiando a decisão do TRF-4, e de alguma forma condenando o desembargador Favretto. Da mesma forma, respeitosamente, apresentei algumas questões sobre o caso


30 de maio de 2018, 16h30

Parente é o coração do golpe; Temer pouco importa: a saída virá das ruas

Está claro que o Petróleo mais uma vez é o centro da disputa - como foi em 1954 com Vargas. Pedro Parente é um representante estrangeiro à frente da Petrobrás. Ele é mais forte que Temer, é ele que precisa cair.


30 de maio de 2018, 12h13

Parente sai, Petrobras fica com os brasileiros – dizem blogueiros e ativistas em Encontro Nacional

Nós, blogueir@s, ativistas digitais e coletivos de mídia de 17 estados do Brasil, reunidos em São Paulo nos dias 25 e 26 de maio de 2018, nos declaramos em estado de resistência permanente até que Lula esteja solto, até que o golpe tenha sido derrotado.


24 de maio de 2018, 12h51

O Caos de Temer e o futuro dos patos amarelos

A greve de caminhoneiros começou por uma questão econômica mas, assim como o passe livre de 2013, pode ser capturada pela turma que quer dar um reboot no golpe


16 de abril de 2018, 22h08

Bolsonaro se apóia nos brancos e nos mais ricos; Lula tem 50% dos votos totais no Nordeste: veja aqui detalhes do DataFolha

por Rodrigo Vianna A análise mais aprofundada dos números do DataFolha (para além das manchetes e da torcida ridícula contra Lula, nos jornais golpistas) indica alguns dados importantes. Pouca gente se debruçou sobre os dados, que podem ser consultados neste link. Como são muitos os cenários na pesquisa, vamos basear nossa análise aqui no cenário […]


11 de abril de 2018, 14h21

Uma espécie de milícia federal ameaça movimentos que resistem em Curitiba

por Rodrigo Vianna A carta do Sindicato dos Delegados da Policia Federal/seção Paraná é um indicativo claro de que o setor da PF atuante na Lava-Jato se transformou numa espécie de milícia que silencia e ameaça movimentos sociais,  democratas,  sindicatos e todos aqueles que se opõem ao Golpe e aos abusos dessa operação parcial e eivada […]


10 de abril de 2018, 15h05

Vargas ou Lula: os caminhos de cada um

por Douglas F. Barros A comparação entre Lula e Getúlio Vargas não é boa; é como comparar Grécia e Roma, para saber quem foi mais importante. Mas de toda forma, há uma enorme diferença: Lula fez a Democracia se mover (atores, classes, movimentos, partidos, mídia…) por dentro do sistema. Lula fez a aposta de sua […]


10 de abril de 2018, 14h37

Prisão de Lula não resolveu os dramas do Golpe – que pode derrubar Temer para adiar eleições

Por Rodrigo Vianna A prisão arbitrária de Lula, da maneira como ocorreu (sob comando simbólico do ex-presidente e não do juiz Moro), agravou a situação para os gestores do Golpe. Há vários sinais disso: – na guerra de símbolos, a principal imagem da prisão foi Lula cercado pela multidão, e não Lula algemado; – na […]