Rodrigo Vianna

Escrevinhador

Por Rodrigo Vianna

#Vasto Mundo

24 de junho de 2016, 14h35

A União Européia ameaça ruir, e o nacionalismo está de volta: isso é ruim para a esquerda?

“É a segunda vez que minha geração tem a sensação de ´fim-do-mundo-tal-como-o-conhecemos”.  por Rodrigo Vianna A frase acima é de Antonio Luiz M. C. Costa, e foi retirada do twitter do jornalista – que escreve sobre temas internacionais na revista CartaCapital. Antônio se refere, é claro, à decisão dos eleitores do Reino Unido, de sair da […]


10 de setembro de 2015, 11h18

Depois de destruir Nacionalismo árabe, EUA preparam o bote na América do Sul

A política de intervenção de Washington se move agora para a América do Sul. Venezuela, Argentina e Brasil são os alvos. Vão virar Estados zumbis?


26 de agosto de 2015, 13h51

Estados Unidos encontram seu Berlusconi: Trump expulsa jornalista latino

  Do “El País” O atrito entre o candidato republicano Donald Trump e a comunidade latina alcançou um novo patamar nesta terça-feira quando o magnata convertido em político expulsou de uma entrevista coletiva em Iowa o jornalista Jorge Ramos, estrela do canal Univisión. “Sente-se, não lhe dei a palavra. Volte-se para a Univisión”, disse Trump ao jornalista de […]


27 de julho de 2015, 11h12

Zoe K, presidenta do Parlamento grego: Governo foi coagido, e Tsipras chantageado

Do Esquerda.Net A presidente do Parlamento grego e uma das figuras mais populares do Syriza votou contra os dois pacotes de medidas prévias à negociação do terceiro memorando. No discurso de 15 de julho, Zoe Konstantopoulou diz não ter dúvidas de que “Alexis Tsipras foi chantageado com a sobrevivência do seu povo”: Senhoras e Senhores, […]


20 de julho de 2015, 12h56

Bandeira de Cuba volta a Washington após 54 anos

Era 3 de janeiro de 1961. Pensando que o rompimento das relações entre EUA e Cuba seria resolvido rapidamente, uma mulher dobrou a bandeira cubana e a levou consigo. Passados 54 anos do anúncio de rompimento com a ilha, a bandeira cubana voltará.


16 de julho de 2015, 10h06

Max Altman: Tsipras teve a ousasia de se rebelar, mas não está à altura de Fidel Castro

Comparações históricas são imprecisas e reducionistas. O que me ocorre é o que aconteceu com Cuba em seguida à derrocada da URSS. Fidel foi à Praça da Revolução e perguntou à multidão se estava disposta a resistir.


14 de julho de 2015, 14h36

Maringoni: A batalha da Grécia, o esquerdismo sedutor e as soluções mágicas

Falar em capitulação do Syriza – que agiu como partisans diante da plutocracia financeira – significa desviar os olhos não apenas do jogo bruto da troika, mas do comportamento covarde pelo mundo.


08 de julho de 2015, 12h36

Papa Francisco vai ao encontro mundial dos movimentos sociais

Mais de 1500 pessoas de 40 países do mundo, que participam de seminário sobre os eixos “Terra”, “Trabalho”, “Teto”, receberão o Papa Francisco na Bolívia.


06 de julho de 2015, 09h24

Soberania popular na Grécia impõe derrota ao sistema financeiro e deixa lição para esquerda

Após o resultado, o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, declarou nesta noite que a consulta popular “prova que a democracia não poder ser chantageada”.


03 de julho de 2015, 18h07

Requião, Randolfe e Lindbergh apoiam Grécia: o povo deve decidir se quer ou não arrocho

Os três senadores aprovaram um requerimento do Senado em solidariedade ao povo grego e a seus governantes em razão da decisão de realizar o referendo para que a população decida se aceita o arrocho.


02 de julho de 2015, 11h02

Marcha do Syriza na Grécia expõe dominação dos bancos sobre economia mundial

Por Maria Lucia Fattorelli, no Le Monde Diplomatique, via Opera Mundi A Grécia está enfrentando um tremendo problema de dívida pública e uma crise humanitária. A situação atual é muitas vezes pior do que a de 2010, quando a Troika –FMI, Comissão Europeia e Banco Central Europeu – impôs seu “plano de resgate” ao país, […]


29 de junho de 2015, 09h42

Com referendo e cerco aos bancos, Syriza coloca democracia direta contra sistema financeiro

O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, anunciou em pronunciamento em rede nacional que o Banco Central da Grécia “foi obrigado” a recomendar que os bancos não abram nos próximos dias.