Imprensa livre e independente
06 de março de 2019, 09h22

Saiba tudo sobre o ‘Golden Shower’, prática sexual que Bolsonaro postou nas redes

A Chuva Dourada foi parar nos TT’s do Twitter logo após o presidente Jair Bolsonaro postar a prática em um vídeo para criticar o carnaval

Foto: Reprodução
O ‘Golden Shower’ (Chuva Dourada) é a pratica de urinar no parceiro ou parceira ou receber jatos de urina durante a atividade sexual. Ela foi parar nos Trend Topics do Twitter na noite desta terça-feira (5), logo após o presidente Jair Bolsonaro postar  um vídeo para criticar o Carnaval e ao mesmo tempo mudar a narrativa das críticas que recebeu nesses dias da festa. O ato de Bolsonaro repercutiu negativamente no mundo inteiro. Em primeiro lugar, porque não existe registro na história das redes sociais de um chefe de Estado publicar um vídeo com conteúdo escatológico. Depois, porque ele usou...

O ‘Golden Shower’ (Chuva Dourada) é a pratica de urinar no parceiro ou parceira ou receber jatos de urina durante a atividade sexual. Ela foi parar nos Trend Topics do Twitter na noite desta terça-feira (5), logo após o presidente Jair Bolsonaro postar  um vídeo para criticar o Carnaval e ao mesmo tempo mudar a narrativa das críticas que recebeu nesses dias da festa.

O ato de Bolsonaro repercutiu negativamente no mundo inteiro. Em primeiro lugar, porque não existe registro na história das redes sociais de um chefe de Estado publicar um vídeo com conteúdo escatológico. Depois, porque ele usou uma cena absolutamente fora de contexto para criticar uma festa que projeta positivamente a imagem do Brasil no exterior e atrai viajantes de todas as partes do mundo nos dias de folia. Bolsonaro jogou contra o Brasil.

Mas a despeito disso, há muita gente querendo entender mais detalhadamente o que é Golden Shower, porque depois de publicar o vídeo, o presidente fez essa pergunta nas redes.

Veja também:  "Manifestações extrapolaram a pauta da educação", avalia Paulo Pimenta

O fetiche não é algo muito comum, mas tem praticantes em todo o mundo. Não é algo do Carnaval e nem tem relação com orgias. Em muitos casos é praticado por casais com relacionamento estável.

Não existe uma regra definida para essa prática. O que é comum é que a excitação e o prazer também estejam relacionados aos jatos de xixi seu parceiro(a). Há pessoas que não se excitam sendo urinadas ou urinando em alguém, mas assistindo o seu parceiro ou parceira sendo. É um tipo de golden shower voyeur.

No vídeo que Bolsonaro divulgou a pessoa permite que o parceiro urine na sua cabeça, mas entre praticantes há quem só libere jatos de xixi em outras partes do corpo, como nos pés, barriga, peito e assim por diante.

Uma questão que sempre se apresenta é se a urina não é algo sujo e se não pode vir a transmitir DSTs. Qualquer contato sexual sempre tem algum tipo de risco, mas, de modo geral, a nossa urina é basicamente composta por 95% de água e o restante de sais.

Veja também:  Bolsonaro bloqueia verba de três hospitais universitários que atenderiam 2,7 milhões de pessoas

Normalmente é uma substância neutra quando expelida por uma pessoa em bom estado de saúde. Nesses casos não oferece risco de transmissão de doenças sexualmente transmissíveis.

Quanto ao fato do ‘Golden Shower’ ser considerada perversão, especialistas só entendem que pode ser caracterizado algum desvio quando a pessoa se excita ou sente prazer sexual somente com essa prática.

Quando não, ela é apenas mais um fetiche sexual como tantos.

Editada às 11h30.

Com informações do site Sexo sem Dúvidas

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum