12 de outubro de 2018, 15h09

São Paulo terá ato de homenagem ao Mestre Moa do Katendê

Famoso mestre de capoeira de Salvador foi assassinado com 12 facadas por um apoiador de Bolsonaro após ter dito que votou em Fernando Haddad

Reprodução/Instagram

Grupos de capoeira, artistas e coletivos de cultura promoverão neste domingo (14), em São Paulo, um ato de homenagem a Romualdo Rosário da Costa, conhecido como mestre Moa do Katendê.

Famoso militante da cultura negra de Salvador (BA) e fundador do bloco Afoxé Badauê, Moa foi assassinado com 12 facadas no último domingo (7) por um apoiador do candidato Jair Bolsonaro (PSL). A motivação seria o fato de o mestre ter declarado voto em Fernando Haddad (PT).

“Convocamos TODAS e TODOS capoeiristas, artistas, povo da cultura popular, do teatro e toda a população de São Paulo para se juntar a nós em um Ato de AMOR e RESISTÊNCIA pela CULTURA DE PAZ!”, escreveram os organizadores no evento de divulgação do ato no Facebook.

Entre os grupos e artistas que participarão da homenagem, estará presente o tradicional bloco Ilú Obá De Min.

O ato terá início às 11h na Praça da República, região central da capital paulista.

Saiba mais sobre o evento aqui.