Imprensa livre e independente
16 de outubro de 2018, 17h42

SBT é notificado para entrevistar Haddad, caso Bolsonaro fuja de mais um debate

Solicitação da Coligação “O Povo Feliz de Novo” é para que o candidato do PT utilize o horário destinado ao debate entre ambos para divulgar suas ideias e projetos

Foto: Reprodução/Band A assessoria jurídica da coligação “O Povo Feliz de Novo” enviou uma notificação extrajudicial ao SBT, nesta terça-feira (16), com o objetivo de requerer que, caso Jair Bolsonaro se negue a participar do debate entre presidenciáveis promovido pela emissora e programado para esta quarta-feira (17), o horário seja reservado para que Fernando Haddad conceda uma entrevista ao canal de televisão. Ao mesmo tempo que Bolsonaro não define oficialmente sua participação no debate – e já deixou claro em suas redes sociais que não pretende comparecer – o militar confirmou mais uma entrevista, no próprio SBT, para esta terça...

Foto: Reprodução/Band

A assessoria jurídica da coligação “O Povo Feliz de Novo” enviou uma notificação extrajudicial ao SBT, nesta terça-feira (16), com o objetivo de requerer que, caso Jair Bolsonaro se negue a participar do debate entre presidenciáveis promovido pela emissora e programado para esta quarta-feira (17), o horário seja reservado para que Fernando Haddad conceda uma entrevista ao canal de televisão.

Ao mesmo tempo que Bolsonaro não define oficialmente sua participação no debate – e já deixou claro em suas redes sociais que não pretende comparecer – o militar confirmou mais uma entrevista, no próprio SBT, para esta terça (16). O que demonstra que Bolsonaro prefere falar sozinho, se escondendo de debater com Fernando Haddad.

“A eventual ausência de Bolsonaro ocorrerá por mera liberalidade e suposta estratégia política”, destaca o documento. Dessa forma, é plenamente possível que a oportunidade do debate seja destinada à realização de entrevista com Fernando Haddad.

Veja aqui a íntegra da notificação

Com informações de Lula.com.br

Veja também:  Bolsonaro divulga texto anônimo que sugere renúncia

Fórum em Brasília, apoie a Sucursal

Fórum tem investido cada dia mais em jornalismo. Neste ano inauguramos uma Sucursal em Brasília para cobrir de perto o governo Bolsonaro e o Congresso Nacional. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Clique no link abaixo e faça a sua doação.

Apoie a Fórum